Governo do RS decreta o uso obrigatório de máscara de proteção no transporte coletivo

Governo do RS decreta o uso obrigatório de máscara de proteção no transporte coletivo

Medida, por tempo indeterminado, entra em vigor nesta sexta-feira

Correio do Povo

Medida, por tempo indeterminado, entra em vigor nesta sexta-feira

publicidade

O uso de máscara de proteção será obrigatório, a partir desta sexta-feira, no uso do transporte coletivo em todo o Rio Grande do Sul. A medida, anunciada nesta quinta-feira pelo governador Eduardo Leite, será publicada hoje em um decreto transitório a valer até a implementação do Distanciamento Social Controlado, previsto para a próxima semana.

A necessidade do uso da máscara se aplica ao uso de ônibus municipais e intermunicipais, aplicativos de transporte, lotações e táxis. Durante a pandemia, diversos municípios gaúchos do Estado já haviam adotado o uso obrigatório da proteção individual em comércios e espaços públicos. Em Porto Alegre, a determinação ocorre desde a quarta-feira da semana passada, 22 de abril. No entanto, as pessoas que não estiveram usando o acessório não serão impedidas de ingressar no transporte público. 

Durante o detalhamento do novo modelo de distanciamento social, o governador também anunciou que as atividades que reúnam aglomerações, incluindo as religiosas, estão vetadas por tempo indeterminado, além de comunicar que o retorno das aulas na rede pública está previsto para o mês de junho. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895