Governo negocia importação de vacinas dos Estados Unidos, diz Itamaraty

Governo negocia importação de vacinas dos Estados Unidos, diz Itamaraty

Comunicado foi divulgado pelo Ministério das Relações Exteriores neste sábado e fala sobre doses do "excedente disponível"

R7

Governo negocia importação de vacinas dos EUA

publicidade

O governo federal negocia a importação de vacinas contra a Covid-19 dos Estados Unidos, informou o Ministério das Relações Exteriores neste sábado.

“Desde o dia 13/3 o governo brasileiro, através do Itamaraty e da Embaixada em Washington, em coordenação com o Ministério da Saúde, está em tratativas com o governo dos EUA para viabilizar a importação pelo Brasil de vacinas do excedente disponível nos Estados Unidos”, afirmou o Itamaraty por meio de redes sociais.

 

O comunicado não diz sobre quais vacinas estão sendo negociadas. Na última sexta-feira, o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (DEM), enviou um comunicado a Kamala Harris, vice-presidente dos Estados Unidos, pedindo ajuda no combate à pandemia de Covid-19. A correspondência foi protocolada no Itamaraty e na Embaixada dos Estados Unidos.

No texto, Pacheco solicita que Harris, que também é presidente do Senado norte-americano, considere a “possibilidade de conceder autorização especial para a aquisição, pelo governo brasileiro, de doses de vacina estocadas nos EUA e ainda sem previsão de utilização”. A carta diz respeito do imunizante Oxford/AstraZeneca.

Na sexta, o governo norte-americano confirmou o envio de doses da AstraZeneca para o México e para o Canadá


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895