Hospitais do RS recebem repasse de R$ 43 milhões via emendas da bancada federal
capa

Hospitais do RS recebem repasse de R$ 43 milhões via emendas da bancada federal

Valor será enviado a mais de 100 hospitais como reforço no combate ao coronavírus

Por
Correio do Povo

Anúncio foi feito, nesta terça-feira, em videoconferência com parlamentares estaduais e federais


publicidade

Mais de 100 hospitais gerenciados pelo governo do Rio Grande do Sul receberão um reforço financeiro para o combate ao coronavírus. No valor de cerca de R$ 43 milhões, o repasse foi feito via emendas extraordinárias da bancada federal gaúcha e já está no caixa estadual para ser encaminhado aos hospitais. 

O anúncio do repasse foi feito na manhã desta terça-feira, via videoconferência transmitida em redes sociais. Com a participação do governador Eduardo Leite, do vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, e da secretária da Saúde, Arita Bergmann, o encontro reuniu deputados federais e estaduais e senadores.

A bancada federal realocou, por meio de emendas extraordinárias, recursos de outras pastas federais para a Saúde. No total, serão R$ 99,3 milhões repassados ao RS com o objetivo de fortalecer as ações de combate ao coronavírus. Desse valor, R$ 43.400.725,93 serão enviados a 111 hospitais sob gestão estadual. O restante do valor será repassado a hospitais sob gestão municipal.

Dos 111 hospitais estaduais contemplados, 46 receberão o aporte – cerca de R$ 19 milhões – ainda nesta terça. “Celebramos esses recursos, tão importantes neste momento, e agradecemos aos deputados, nossos parceiros, que realocaram esse valor”, reforçou a secretária Arita Bergmann.

“O governo do Estado é uma peça na engrenagem. Não governamos o Estado sozinho, nem faremos as mudanças necessárias sozinhos. Agradeço muito pela ajuda e pela disposição dos parlamentares em colaborar constantemente, não só no repasse de recursos, mas na interlocução com o governo federal”, destacou o governador Eduardo Leite.

Ao representar o líder da bancada federal, deputado Giovani Cherini, que não pode comparecer ao encontro virtual, o deputado Pedro Westphalen ressaltou a união entre os parlamentares. “Estamos sabendo atuar de maneira uniforme neste momento, fazendo das diferenças um aprendizado no combate ao coronavírus. A bancada se uniu e decidiu, de maneira unânime, redirecionar os recursos para auxiliar os hospitais”, explicou.


O deputado estadual Zé Nunes representou o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ernani Polo, que não pode comparecer ao encontro. Representando os senadores, o senador Luis Carlos Heinze também manifestou a importância da união, deixando de lado ideologias partidárias, neste momento de combate ao coronavírus.