Hospital São Lucas restringe acesso à emergência por quatro dias em Porto Alegre

Hospital São Lucas restringe acesso à emergência por quatro dias em Porto Alegre

Instituição esclarece que vai priorizar os casos mais graves, de acordo com a classificação de risco

Correio do Povo / Rádio Guaíba

O hospital esclarece que vai priorizar os casos mais graves

publicidade

O Hospital São Lucas, da PUCRS, restringiu a entrada de novos pacientes na emergência, por 96 horas (quatro dias), a contar das 18h desta quinta-feira, em Porto Alegre.

Em nota, a casa de saúde enfatiza a continuidade da alta demanda de atendimentos a pacientes por diversas patologias, incluindo casos confirmados ou suspeitos de Covid-19.

O hospital esclarece que vai priorizar os casos mais graves, de acordo com a classificação de risco. A situação deve ser monitorada diariamente, podendo a decisão ser alterada conforme mudanças no cenário.

O Hospital de Clínicas de Porto Alegre e o Hospital Moinhos de Ventos também adotaram medidas semelhantes pela alta demanda de casos da Covid-19. 

Ernesto Dornelles

Já o Hospital Ernesto Dornelles emitiu um comunicado informando que, devido à superlotação e com objetivo de manter o compromisso com a segurança e a qualidade no atendimento aos pacientes, fechou o serviço de emergência da casa de saúde pelas próximas 72 horas. A nota esclarece, ainda, que a situação vai ser reavaliada após esse período de restrição.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895