IBGE lança seleção com mais de 1,2 mil vagas no Rio Grande do Sul

IBGE lança seleção com mais de 1,2 mil vagas no Rio Grande do Sul

Inscrições vão até o dia 16 de setembro e devem ser feitas nas agências e postos do IBGE em cada município

Correio do Povo

Publicada a lei que inclui autismo nos censos do IBGE

publicidade

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abriu nesta quarta-feira as inscrições para um processo seletivo complementar com mais de 1,2 mil vagas no Rio Grande do Sul. As oportunidades de emprego temporário são para trabalhar no Censo 2022, nos cargos de recenseador, que é o responsável por realizar as entrevistas nos domicílios, e de ACS, que supervisiona uma equipe de recenseadores.

As inscrições vão até o dia 16 de setembro e devem ser feitas nas agências e postos do IBGE em cada município. Os endereços constam no edital, que já está disponível no site. Não há pagamento de taxa, nem realização de provas. A seleção será feita por análise de títulos. A contratação dos selecionados deve ocorrer após o final do processo seletivo, que termina no dia 28 de setembro.

Para recenseador, há 1.242 vagas no Estado. O requisito mínimo para o cargo é ter o ensino fundamental completo. Os recenseadores são remunerados por produtividade, de acordo com a quantidade de residências visitadas e pessoas recenseadas, considerando ainda a taxa de remuneração de cada setor censitário, o tipo de questionário preenchido (básico ou amostra) e o registro no controle da coleta de dados.

Dentre as cidades com mais oportunidades de trabalho estão Canoas (120 vagas), Gravataí (80), Sapucaia do Sul (73), Bento Gonçalves (65) e Porto Alegre (60).

Para ACS, há apenas quatro vagas no Rio Grande do Sul, nos municípios de Bom Princípio, Panambi, São Leopoldo e São Sebastião do Caí. O requisito mínimo é ensino médio completo. O salário para o cargo de ACS é de R$ 1,7 mil. Além do vencimento, o servidor temporário tem direito a auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escola, férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação em vigor e o estabelecido no edital.


Mais Lidas





Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895