capa

Local abriga 62 presos

Incêndio atinge anexo de alojamento do Presídio Estadual de Soledade

De acordo com a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), não há feridos

publicidade

Um incêndio atingiu o anexo de alojamento do Presídio Estadual de Soledade, no Norte do Rio Grande do Sul, na manhã desta terça-feira. Localizado cerca de 30 metros do prédio principal, onde estão as celas, o local abriga 61 pessoas, das quais 11 estavam no local quando começaram as chamas. De acordo com a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), não há feridos e, por volta das 6h40min, após a saída dos apenados para serviço externo, os detentos do semiaberto que não possuem carta de emprego avisaram um agente penitenciário que o albergue estava pegando fogo. 

Com um extintor de incêndio, o guarda tentou acessar o local, mas não conseguiu devido à fumaça que tomava conta do espaço. Então, um colega ligou para o Corpo de Bombeiros do município, que informou que recebeu o chamado às 7h. Dois caminhões foram deslocados para fazer o controle das chamas. Conforme a Corporação, foram utilizados quase oito mil litros de águas para contê-las.

Todos os apenados que estavam no presídio foram chamados para a conferência nominal. Eles ainda foram examinados para a constatar que não haviam sofrido ferimentos. Depois disso, todos foram realocados provisoriamente em outro espaço da casa prisional. A área atingida pelo incêndio foi isolada, e o Instituto-Geral de Perícias foi acionado para investigar as causas do incêndio. 


compartilhe