Incêndio devasta a Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso, desde quinta-feira

Incêndio devasta a Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso, desde quinta-feira

Fumaça do incêndio pode ser vista de Cuiabá, a 65 quilômetros da área florestal

R7

Fumaça do incêndio pode ser vista de Cuiabá, a 65 quilômetros da área florestal

publicidade

Um incêndio de grandes proporções em uma área florestal da Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso, levou o Corpo de Bombeiros local a usar três aeronaves para tentar controlar o fogo, que teve início na quinta-feira (19) e segue devastando a região até este sábado. Segundo o Corpo de Bombeiros, o trabalho conta com a participação de mais de 100 pessoas na sexta-feira.

Um ponto de apoio foi estruturado no Aeroporto Bom Futuro para o abastecimento dos aviões e outro na pista do 2° Pelotão Independente, no município de Santo Antônio de Leverger (MT). Um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas entrou em ação para colocar militares em pontos onde o acesso é inviável por terra.

O reflexo deste incêndio pode ser percebido durante o período da manhã em Cuiabá, que fica a 65 quilômetros da Chapada. O céu da Capital foi tomado por uma cortina de fumaça vinda dos incêndios em Chapada dos Guimarães, que ainda permanece presente nesta tarde.

Com a baixa umidade do ar e vento forte, que dificultam o trabalho de combate, o fogo tem maior facilidade de propagação na vegetação, explicou em nota o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso. O órgão ainda não sabe qual a origem do incêndio.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895