Laboratório franco-austríaco anuncia resultados positivos em projeto de vacina contra a Covid-19

Laboratório franco-austríaco anuncia resultados positivos em projeto de vacina contra a Covid-19

Valneva realizou testes de fase 3 que indicaram superioridade" na média de "anticorpos neutralizantes" na comparação com o imunizante da AstraZeneca

AFP

Laboratório anuncia resultados de vacina anticovid com superioridade de anticorpos neutralizantes

publicidade

O laboratório franco-austríaco Valneva informou nesta segunda-feira (18) resultados "iniciais positivos" nos testes de fase 3 para seu projeto de vacina contra a covid-19, um anúncio que provocou alta de suas ações na Bolsa. A farmacêutica explicou que, se comparada com a vacina da AstraZeneca, os testes mostraram "superioridade" na média de "anticorpos neutralizantes" e uma "não inferioridade" em relação à "taxa de soroconversão" - superior a 95% -, duas semanas após a aplicação da segunda dose em adultos com mais de 30 anos.

O anúncio provocou alta da ação da Valneva na Bolsa de Paris, que pouco depois da abertura avançava 32,92%, a 16,01 euros (18,5 dólares), o que cortou as perdas provocadas há um mês com o cancelamento pelo governo britânico de uma encomenda de 100 milhões de doses. O governo francês informou na ocasião que a União Europeia (UE) seguia interessada no projeto da vacina da Valneva e prosseguia com as negociações.

Veja Também

Um total de 4.102 pessoas com mais de 18 anos participaram nos testes de fase 3 em 26 lugares do Reino Unido. Thomas Lingelbach, diretor geral do laboratório, afirmou que a empresa deseja registrar o projeto de vacina "o mais rápido possível" para "propor uma solução alternativa às pessoas que ainda não foram vacinadas".

A empresa explicou que deu início à apresentação gradativa do processo à agência reguladora britânica de saúde MHRA, que precisa da "validação final de um dos testes utilizados no ensaio", atualmente "em curso". Além disso, o laboratório prepara os trâmites necessários para um "pedido de autorização condicional" da Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês).


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895