Leite assina na segunda ordem de início de obras na ERS 142, entre Carazinho e Não-Me-Toque
capa

Leite assina na segunda ordem de início de obras na ERS 142, entre Carazinho e Não-Me-Toque

Governador vai oficializar medida durante sua participação na 20ª Expodireto Cotrijal

Por
Correio do Povo

publicidade

Depois de diversos protestos de moradores e motoristas nos últimos anos, as obras em um trecho de 18,86 quilômetros da ERS 142, entre Carazinho e Não-Me-Toque, no norte Rio Grande do Sul, sairão do papel. Na segunda-feira, o governador Eduardo Leite, juntamente com seus secretários, vai assinar a ordem de início das obras durante sua participação na 20ª Expodireto Cotrijal, um dos principais eventos do agronegócio do país. A rodovia é a principal rota de chegada às estruturas da feira focada em tecnologia e negócios na área.

Valores, prazos, origem dos recursos e outros detalhes serão divulgados durante a solenidade. Serão realizados serviços como fresagem, recomposição do pavimento com reperfilagem e implantação de capa asfáltica. O projeto esteve sob análise do Banco Mundial, órgão financiador do programa, e prevê investimento de cerca de R$ 20 milhões.

A Prefeitura de Carazinho quer municipalizar, desses 18,8 quilômetos, um trecho de 1,2 quilômetro da ERS 142 que faz parte da zona urbana. As tentativas ocorrem há dois anos e foram retomadas neste Dois bairros ocupam a área, com residências e estabelecimentos comerciais. O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem já informou que, após avaliação, concluiu que não há condições técnicas de municipalizar o trecho e outras cidades utilizam este trecho e, por isso, não há como municipalizar.