Levantamento aponta queda de 90% dos usuários do transporte intermunicipal

Levantamento aponta queda de 90% dos usuários do transporte intermunicipal

De acordo com a Fetergs, a restrição de atividades, o cancelamento das aulas e o isolamento social impactaram o serviço

Felipe Samuel

Em julho, a queda de passageiros chegou a 76,4% em relação ao mesmo período do ano passado

publicidade

O transporte intermunicipal de passageiros mantém serviço regular à população, com mais de 200 mil viagens entre 15 de março e 31 de julho, mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus. O levantamento feito pela Federação das Empresas de Transporte Rodoviário do Rio Grande do Sul (Fetergs) aponta, no entanto, que houve diminuição de quase 90% do número de passageiros em relação ao mesmo período do ano passado, incluindo as gratuidades do sistema - que oscilaram no período entre 6% e 7%.

Em abril, a entidade registrou o maior tombo do setor, com queda de 84,3% dos usuários. Nos meses seguintes, a redução dos passageiros se manteve acima de 70%: em maio (77,8%), junho (73,3%) e julho (76,4%). De acordo com a Fetergs, a restrição de atividades, o cancelamento das aulas e o isolamento social impactaram o serviço. Conforme a federação, nos cinco meses de pandemia, o sistema regular intermunicipal transportou 2,5 milhões de passageiros e realizou 196.967 viagens. No mesmo período no ano passado, foram 12,4 milhões de passageiros.

A Fetergs informa que cuidados para evitar a disseminação da Covid-19 também foram adotados pelas empresas, como higienização e sanitização interna e externa dos ônibus, álcool em gel em todos os veículos. Além disso, as empresas implantaram protocolos para viagens, como uso de máscara facial e utilização das últimas inovações, como UV-C para eliminar vírus e bactérias, cortinas para isolamento individual, tratamento especial no ar condicionado e observância do distanciamento, permitindo apenas a coabitantes viajarem juntos.

A entidade reforça que, ao contrário de outras formas de transporte que paralisaram as atividades para evitar prejuízo, o transporte intermunicipal foi mantido e, com ou sem passageiros, todas as viagens programadas foram cumpridas.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895