Médicos residentes em Porto Alegre serão vacinados contra a Covid-19 neste sábado

Médicos residentes em Porto Alegre serão vacinados contra a Covid-19 neste sábado

Para garantir as doses, profissionais devem se cadastrar junto a entidades como Cremers e Simers

Rádio Guaíba

Médicos que moram e atendem em Porto Alegre começam a ser vacinados contra a Covid-19 no próximo sábado

publicidade

A vacinação dos profissionais de saúde contra a Covid-19 também ocorreu na sede da Associação Médica do Rio Grande do Sul (Amrigs). A novidade foi a imunização no sistema drive-thru no estacionamento da entidade e a colocação de duas tendas para atender pedestres (que não tinham carro) e outra com militares do Exército. Desde cedo, a sede da entidade, na avenida Ipiranga, na zona Leste de Porto Alegre, registrou filas que avançavam até a avenida Coronel Aparício Borges. Já a fila de carros chegou às proximidades da rua Barão do Amazonas. No local, além de médicos, também foram imunizados os profissionais da saúde ligados ao Conselho Regional de Psicologia do Rio Grande do Sul (CRP/RS), ao Conselho Regional de Fisioterapia (Crefito 5), Conselho Regional de Enfermagem (Coren/RS) e Conselho Regional de Serviço Social (CRESS/RS). 

O vice-presidente da Amrigs, Paulo Morassutti, disse que o espaço da entidade, por ser amplo, estará sempre disponível para a realização de campanhas de vacinação. "Estamos à disposição do Estado e do município para a aplicação da imunização contra o novo coronavírus", ressaltou. Morassutti afirmou que a vacinação foi um dia especial para os profissionais da saúde. A enfermeira Ticiana Gross, que trabalha no Hospital Mãe de Deus, afirmou que a imunização representa um momento importante para a sociedade. "Vamos tentar voltar à normalidade. Estamos vivendo um novo tempo", destacou a enfermeira, que não visita os pais residentes em Sentinela do Sul há um ano.

 O gerente-geral da Amrigs, Ronald Greco, informou que foram imunizados 4,5 mil pessoas, entre médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos e assistentes sociais. As 4,5 mil doses foram aplicadas conforme a ordem de preenchimento dos formulários. A prioridade foi para os médicos com mais de 65 anos. Segundo Morassutti, a associação tem apoiado institucionalmente a vacinação da Covid-19 em toda a população. "A produção da vacina ainda é insuficiente no mundo, mas a entidade tem feito esforços para que todos os profissionais ligados à saúde, em seus diferentes setores, tenham acesso à vacinação neste primeiro momento", ressaltou.

Para receber a imunização, o profissional vinculado à entidade tinha que ser médico, residir em Porto Alegre e ter recebido uma mensagem no telefone ou e-mail de confirmação da vacinação. A imunização ocorreu por ordem de chegada. No sábado, foi aplicada a primeira dose da vacina Coronavac, produzida pela Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. O vice-presidente da Amrigs informou que a entidade está aguardando informações sobre a aplicação da segunda dose. Os familiares que estavam nos carros com os profissionais de saúde não foram vacinados e também não foram realizados cadastros de pessoas durante a realização da vacina.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895