Maioria dos taxistas não instalaram máquinas de cartão de crédito

Maioria dos taxistas não instalaram máquinas de cartão de crédito

Novo prazo estabelecido pela EPTC termina em 20 dias

Samuel Vettori / Rádio Guaíba

Maioria dos taxistas não instalaram máquinas de cartão de crédito

publicidade

Acompanhamento da EPTC revela que cerca de mil dos 3.920 táxis de Porto Alegre instalaram máquina para permitir o pagamento com cartão de crédito. Em junho, a empresa pública prorrogou o prazo limite em 90 dias. Com isso, até o dia 10 de setembro, todos os carros terão de contar com o equipamento. A 20 dias do prazo final, 75% ainda não se passaram pela adaptação.

O presidente do Sindicato dos Taxistas de Porto Alegre (Sintáxi) disse que os profissionais estão colocando os aparelhos. Luiz Nozari explicou que a representação é contra a obrigatoriedade porque entende que basta convencer os taxistas da necessidade de oferecer a modalidade.

Nozari disse ainda que o pagamento com cartão é uma tendência. Lembrou, no entanto, que há aplicativos que permitem chamar o táxi e pagar via telefone celular, dispensando inclusive o uso de máquinas. A segurança para quem trabalha é outro argumento favorável à implantação de formas eletrônicas de pagar. Para o presidente, 30% dos usuários preferem pagar o com o cartão.

Segundo a EPTC, a decisão pela prorrogação do prazo, tomada em junho, permite ajustes técnicos no sistema e mais tempo à categoria no processo de implantação dos equipamentos. A medida atende o Decreto 18.593/14, que também regulamenta a lei de monitoramento dos táxis, para futura instalação dos equipamentos de GPS e o chamado “botão de pânico”.

Bookmark and Share

Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895