Mais de 100 cães e donos fazem corrida na Redenção
capa

Mais de 100 cães e donos fazem corrida na Redenção

Iniciativa começou em 2016 e busca promover bem estar animal

Por
Correio do Povo

Corrida de cães e seus donos integrou as comemorações dos 247 anos da Capital

publicidade

Um evento diferente inserido nas comemorações de aniversário de Porto Alegre chamou a atenção na manhã deste domingo dos frequentadores da Redenção. Tratou-se de uma corrida e caminhada de cães acompanhados de seus donos ao longo de dois quilômetros. A largada e chegada, com muitos latidos, foi ao lado do Parque Ramiro Souto. Em torno de 100 cães de várias raças foram inscritos, sendo premiados os primeiros lugares com medalhas. Fundador da Vai Totó-Corrida e Caminhada Beneficente, Mauricio Castro Pinzkoski disse que evento está em sua quarta edição e ocorre desde 2016 na Redenção, integrando a primeira de quatro etapas do Campeonato Gaúcho de Canicross prevista para este ano.

“Promovemos o canicross que traz o bem estar animal e qualidade de vida das pessoas”, declarou. “No canicross, a gente corre no ritmo do cachorro. O cão vai na frente e vamos conversando com ele para que vá mais ou menos. Não se pode nunca puxar o animal e tem que usar equipamento adequado para protegê-lo”, esclareceu. “O canicross é empoderamento pois as pessoas aprendem a conduzir seus cães”, destacou. Sobre o caráter beneficente, Pinzkoski assinalou que os inscritos fizeram uma doação. “Nós recolhemos ração e tênis”, frisou. Segundo ele, a ração vai para as organizações não-governamentais Amigo Bicho e Mercy for Animais. Já os tênis vão para a entidade Renascer, no bairro Restinga.