Mesmo com autorização, comércio de rua de Porto Alegre fica com lojas fechadas neste domingo

Mesmo com autorização, comércio de rua de Porto Alegre fica com lojas fechadas neste domingo

Shoppings e restaurantes registraram movimentação tranquila, sem aglomerações

Cláudio Isaías

Shoppings e restaurantes registraram movimentação tranquila, sem aglomerações

publicidade

Mesmo com a determinação da prefeitura de Porto Alegre de funcionamento do comércio aos domingos das 9h às 17h, muitas lojas de rua do Centro Histórico de Porto Alegre optaram por ficarem fechadas neste domingo. Pouca gente circulou pela avenida Borges de Medeiros e pelas ruas Voluntários da Pátria, Andradas e Doutor Flores.

As grandes redes como Marisa, Americanas, C&A, Renner, Paquetá, Gaston, Colombo e Magazine Luiza não abriram as portas. Esses locais concentram a maioria das grandes lojas de departamentos, roupas, calçados e eletrodomésticos, além de bazares. As lojas de rua e os centros comerciais voltam a funcionar neste domingo a partir das 9h e ficam abertas até as 17h.

No começo da tarde de hoje, o movimento de clientes nos shoppings Praia de Belas, João Pessoa, Total, Rua da Praia, Iguatemi e BarraShoppingSul foi tranquilo. Na chegada, às 12h, horário determinado para abertura, o público era informado pela segurança do uso da máscara e de que tinham que verificar a temperatura. Além disso, os consumidores eram orientados a utilizar o álcool em gel. Nos shoppings, o público aproveitou para conferir as ofertas e promoções das lojas. Os shoppings informaram que foram adotados todos os protocolos de cuidado, proteção e segurança, como o controle da temperatura corporal para acesso e o uso obrigatório de máscara facial durante toda a permanência no empreendimento.

O decreto municipal 20.752 ampliou os dias de funcionamento do comércio de Porto Alegre, permitindo a abertura das lojas também aos domingos. Agora, os estabelecimentos comerciais estão autorizados a funcionar de segunda-feira a domingo. Lojas de rua e centros comerciais, das 9h às 17h. Já as lojas de shopping, atendem o público das 12 às 20h.

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Alegre (CDL/POA) acredita em uma recuperação mais rápida do varejo com a abertura aos domingos. Para uma normalização mais efetiva, o mercado está na expectativa da ampliação em alguns segmentos como os cinemas, fechados desde março. Importante lembrar que as salas cinematográficas são responsáveis por um aumento de fluxo dentro dos shoppings e geram um melhor desempenho das lojas.

Sobre as expectativas de vendas para as festividades de fim de ano, a CDL POA espera que o comércio chegue até dezembro com números próximos aos do ano anterior. Entretanto, não há certeza de que será possível. “É necessária a compreensão de que este ano deixará rastros devido à queda na economia e no PIB. No ano passado, havia um processo de aquecimento econômico, porém este ano será mais difícil atingir os mesmos patamares em alguns segmentos”, ressaltou o presidente Irio Piva.

Tanto a CDL POA quanto as outras entidades do segmento varejista pedem a continuidade de orientação para que os ambientes de trabalho continuem seguros, ou seja, "com a utilização de máscara, utilização do álcool em gel e manutenção do distanciamento”, alertou o dirigente. Já o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL/RS), Vitor Augusto Koch, destacou a importância do comércio funcionar aos domingos e que essa abertura possa resultar em boas vendas aos lojistas.

Nos restaurantes do Centro Histórico e do bairro Bom Fim, o movimento de clientes foi tranquilo neste domingo e não foram registradas aglomerações. O público começou a chegar aos estabelecimentos por volta das 11h com respeito às regras de distanciamento e com o uso da máscara. Os bares e restaurantes do Bom Fim e do Centro informaram que todos os cuidados de segurança contra a Covid-19 foram adotados para receber os clientes. Entre as medidas estão a adaptação do espaço com a retirada de 50% das mesas e cadeiras, distanciamento maior do que o exigido, uso do álcool em gel, máscaras e o uso de luvas para se servir no buffet.

Para a Associação Brasileira de Bares de Restaurantes no Rio Grande do Sul (Abrasel no RS) o funcionamento de bares e restaurantes aos domingos representa um importante passo na retomada das atividades do setor de alimentação. Segundo a entidade, ainda é preciso uma ampliação no horário de funcionamento até a meia-noite. A associação busca ainda que o setor de alimentação volte a operar de forma integral, como era antes da pandemia, seguindo todos os protocolos de higiene e segurança já existentes e, se necessário, alterando e fortalecendo as medidas para evitar o contágio pela Covid-19.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895