Meteoro brilhante cruza o céu da fronteira do RS com o Uruguai, diz Metsul

Meteoro brilhante cruza o céu da fronteira do RS com o Uruguai, diz Metsul

Moradores relataram clarão no céu e tremor na terra durante o fenômeno ocorrido nesta quarta-feira

Correio do Povo e Metsul

publicidade

Um meteoro brilhante, do tipo bólido, cruzou o céu da fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai na manhã desta quarta-feira, de acordo com informações da MetSul Meteorologia. Momentos depois, o serviço meteorológico uruguaio reportou que moradores da região de Cerro Largo informaram que a terra chegou a tremer e em Vichadero, departamento de Rivera, os habitantes disseram ouvir som de uma explosão. Testemunhas também relataram um clarão no céu nos departamentos de Rivera, Salto, Tacuarembó e Cerro Largo. A mesma região teve fenômeno semelhante no ano passado.

O bólido ingressou na atmosfera entre a Campanha do Rio Grande do Sul e o Norte-Nordeste do Uruguai. O instrumento Geostationary Lightning Mapper do satélite GOES, usado no monitoramento de raios, captou o ingresso do objeto espacial cruzando a região da fronteira. Para que o satélite tenha captado a rocha espacial e tenha se produzido um ruído sônico e clarão em pleno dia, é provável que tenha sido de maior dimensão.

O bólido provoca uma claridade muito maior do que um meteoro do tipo fireball, além de vibrações. Segundo a MetSul, há casos em que chegam a gerar estampidos sônicos com vibrações a ponto de as pessoas sentirem a terra tremer, o que explica os relatos do lado uruguaio da fronteira de que as pessoas perceberam um abalo. A queda de um bólido dificilmente traz risco. Em regra, eles caem fragmentados e danos são raríssimos.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895