Ministério da Saúde conclui distribuição do 1º lote da CoronaVac

Ministério da Saúde conclui distribuição do 1º lote da CoronaVac

Estimativa é que as primeiras doses sejam utilizadas para imunizar até 3 milhões de brasileiros

Agência Brasil

Estimativa é que as primeiras doses sejam utilizadas para imunizar até 3 milhões de brasileiros

publicidade

O Ministério da Saúde divulgou nota na tarde desta terça-feira afirmando que concluiu a distribuição do 1º lote de vacinas para os 26 estados e para o Distrito Federal. Com a medida, a imunização de pessoas contra a Covid-19 tem início no Brasil. Foram distribuídas 6 milhões de doses da CoronaVac, do Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

A estimativa é que este primeiro lote de doses seja utilizado para imunizar até 3 milhões de pessoas. No grupo prioritário estão profissionais de saúde, idosos com mais de 60 anos e pessoas com deficiência vivendo em instituições de longa permanência e indígenas em aldeias.

Veja Também

A operação começou nesta segunda-feira pela manhã. O titular da pasta, Eduardo Pazuello, participou de reunião com governadores em São Paulo, quando foi demandado pelas autoridades estaduais que a distribuição permitisse o início das campanhas de vacinação. A previsão anterior era de que a campanha nacional começaria amanhã.

Na atualização de ontem à noite do Ministério da Saúde, já haviam recebido as doses os estados do Tocantins, Piauí, Ceará, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. Hoje as entregas foram concluídas.

Os envios foram realizados pelas companhias aéreas Azul, Gol, TAM e Voepass, além de aeronaves militares, que transportaram doses para 11 capitais e para a cidade de Tabatinga, no Oeste do Amazonas. Com o envio das doses, os estados já começaram suas campanhas de imunização. São Paulo foi o primeiro estado a vacinar, ainda no domingo.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895