Morre aos 55 anos o jornalista Flávio Portela

Morre aos 55 anos o jornalista Flávio Portela

Ex-gerente de jornalismo da Guaíba estava atuando na assessoria do MPT-RS

Rádio Guaíba

Jornalista começou a trabalhar na Caldas Junior em 1986

publicidade

O jornalista Flávio Wornicov Portela, de 55 anos, morreu, nesta quinta-feira, em Porto Alegre. Gerente de jornalismo da Rádio Guaíba entre 1997 e 2008, ele deixa a esposa, Maria Inês Möllmann, e dois filhos.

Atualmente chefe da Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Trabalho do Rio Grande do Sul, Portela ingressou na então Empresa Jornalística Caldas Júnior em 1986, trabalhando, de início, no jornal Correio do Povo. No ano seguinte, passou a atuar na Guaíba.

Em 1996, tornou-se chefe de reportagem do CP e, em maio do ano seguinte, voltou à Guaíba, assumindo o cargo de gerente de Jornalismo. Familiares ainda não informaram, em redes sociais, detalhes sobre os atos fúnebres.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895