MP apreende 1,4 tonelada de alimentos impróprios em comércios do Litoral Norte
capa

MP apreende 1,4 tonelada de alimentos impróprios em comércios do Litoral Norte

Um supermercado de Torres foi interditado durante operação nesta terça-feira

Por
Correio do Povo

Operação ocorreu nesta terça-feira no Litoral Norte do Estado


publicidade

Um total de 1,4 tonelada de alimentos impróprios para o consumo foram recolhidos, nesta terça-feira, em quatro comércios dos municípios de Torres e Arroio do Sal, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. Além da apreensão, um supermercado de Torres foi interditado por más condições de higiene pela Força-Tarefa do Programa Segurança Alimentar, do Ministério Público do Estado (MP-RS).

Segundo o MP-RS, o supermercado de Torres tinha "presença de uma ratoeira junto ao depósito, baratas e sapo". No local, mais de uma tonelada de produtos foram retirados das prateleiras, principalmente os de origem animal. Em um dos comércios da praia de Arroio do Sal, que funcionava sem alvará em uma residência, produtos alimentares e pescados eram comercializados de forma irregular. No local, mais de 200 quilos de peixes foram recolhidos.

Uma ratoeira foi encontrada no depósito de um dos estabelecimentos comerciais. | Foto: Ministério Público / Divulgação


O coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco – Segurança Alimentar), promotor de Justiça Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, destacou que, apesar das irregularidades verificadas, notou-se uma melhoria nos estabelecimentos visitados em relação a operações anteriores. “Isso demonstra uma mudança de cultura”, afirmou.