Neve misturada à chuva é registrada em Pelotas, diz MetSul
capa

Neve misturada à chuva é registrada em Pelotas, diz MetSul

Núcleo de ar gelado está na região da cidade da Zona Sul do Rio Grande do Sul

Por
Correio do Povo

Neve misturada à chuva foi registrada na cidade de Pelotas nesta sexta-feira

publicidade

O frio se intensificou nesta sexta-feira no Rio Grande do Sul e, como se não bastasse isso, neve misturada à chuva foi registrada em Pelotas, cidade da Zona Sul do Rio Grande do Sul. A MetSul Meteorologia explicou que o município está ao nível do mar, mas o núcleo do ar gelado está justamente sobre a região com até -30°C a 5 mil m de altitude. 

 

A MetSul explicou que há diferenças entre neve, chuva congelada e chuva congelante. O primeiro fenômeno consiste em flocos de neve que nunca derretem. A precipitação congelada são gotículas que congelam e formam gelo antes de chegar à superfície. A chuva congelante é definida pela água que congela em contato com a superfície. 

Mais cedo, a presença de um centro de ar polar garantiu mais um dia com temperaturas negativas no Estado. Os termômetros marcaram entre -3ºC e -2ºC em pelo menos cinco regiões: no Sul, na região Central, no Noroeste, na Serra e também no Planalto. O amanhecer em Santana do Livramento, por exemplo, foi com -1,6ºC. 

Em Porto Alegre, durante a madrugada, a estação do Jardim Botânico registrou 5ºC. E, extraoficialmente, segundo a MetSul, algumas áreas da Capital tiveram frio ainda mais intenso. Além disso, o vento de 26 km/h baixava a sensação térmica para - 5ºC. 

Uma variação de nuvens pode até acarretar registro de ventos em outras localidades do Estado. A temperatura não irá subir muito e as máximas não vão conseguir chegar aos 10ºC na maioria das regiões. Porto Alegre até deverá apresentar marcas de 10ºC, mas a sensação de frio mais intenso permanecerá.