Novas remessas de vacinas contra Covid-19 irão imunizar trabalhadores de portos e aeroportos no RS

Novas remessas de vacinas contra Covid-19 irão imunizar trabalhadores de portos e aeroportos no RS

Imunização de pessoas com comorbidades também será ampliada no Estado

Correio do Povo

Doses da AstraZenca chegaram na manhã desta quarta-feira

publicidade

O governo do Rio Grande do Sul decidiu, nesta quarta-feira, que as novas remessas de vacinas para Covid-19 serão destinadas para ampliar a imunização de pessoas com comorbidades e também os trabalhadores do transporte aéreo e portuários de todo o Estado. A decisão ocorreu entre a Secretaria Estadual de Saúde (SES) e o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems/RS) em reunião na tarde de hoje.

Nesta manhã, chegaram ao Estado 353.250 doses da Oxford/Astrazeneca e, até o final da tarde, está previsto o desembarque do lote de 37.440 doses da Pfizer. Ao todo, o RS deve ter 390.690 novas doses de vacinas até o final desta quarta. Segundo o Piratini, a distribuição será realizada nesta quinta-feira às 18 coordenadorias regionais de saúde (CRS), que repassam os imunizantes aos municípios.

As doses serão utilizadas para avançar na vacinação das pessoas com comorbidades, deficientes que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e gestantes e puérperas com comorbidades e/ou gestantes ou puérperas que apresentem indicação médica após avaliação de risco/benefício. 

Parte das doses serão destinadas ainda para começar a vacinar pessoas com deficiência permanente grave. "Os municípios que completarem a etapa das comorbidades podem ir avançando no grupo das deficiências permanentes", explica a secretária da Saúde, Arita Bergmann.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895