Novo administrador garante transparência do Natal Luz 2011

Novo administrador garante transparência do Natal Luz 2011

Prefeito Nestor Tissot diz que equipes da decoração já trabalham nos barracões

Halder Ramos / Correio do Povo

Ruben de Oliveira diz que programação será basicamente a mesma

publicidade

Foi apresentado oficialmente nesta quinta, na Prefeitura de Gramado, o administrador judicial do 26° Natal Luz, Ruben de Oliveira. Além de garantirem a realização dos tradicionais espetáculos do Natal Luz, que vai ocorrer de 3 de novembro de 2011 até 15 de janeiro de 2012, ele e os demais representantes do poder asseguraram a legalidade e a transparência na execução do evento, que ficou ameaçado em função das possíveis fraudes apuradas pelo Ministério Público nas gestões anteriores. O novo administrador da maior festa natalina do Brasil está participando de reuniões com representantes da administração municipal, Câmara de Vereadores, Ministério Público, Judiciário e do setor empresarial do município.

• Leia mais sobre o escândalo do Natal Luz

Oliveira não fez nenhuma menção sobre as supostas irregularidades nas antigas gestões do Natal Luz. “Tenho muito mais a intenção de aprender do que o desejo de ensinar. Chego para somar e desejo que meu trabalho seja facilitado. Não quero comentar as investigações. Deixo para quem é responsável. Todos que fizeram a história do Natal Luz merecem o meu respeito”, afirma o gestor.

O gestor conheceu a infraestutura de montagem do evento e garante que os três maiores espetáculos do Natal Luz – Nativitaten, Fantástica Fábrica e Grande Desfile de Natal – serão mantidos. “Minha visão é de gestor de cultura e estou orgulhoso do trabalho de Gramado. Com algumas ressalvas, iremos manter a mesma programação”, afirma.

Conforme a secretária de Turismo, Rosa Helena Volk, a venda de ingressos para os shows foi retomada na semana passada. “Temos registrado uma venda estrondosa. Estamos realizando um trabalho harmônico e com o único objetivo de manter o mesmo brilho de sempre”, diz.

O promotor Max Guazzelli destaca que a organização da próxima edição prima pelos preceitos legais. Segundo ele, todos os poderes estão empenhados na transparência do evento. “Estamos desenhando uma formatação pelas vias legais. Nossa comunicação é direta e franca. Com apoio da comunidade, vamos colocar o evento nas ruas. O Ministério Público sempre atuou em defesa da comunidade e do Natal Luz”, afirma.

Conforme Guazzelli, a responsabilidade pela realização da festa natalina é do poder executivo, com apoio da Associação de Cultura e Turismo de Gramado (ACTG). Além do administrador judicial, a edição 2011 terá um conselho gestor para sugerir ações e fiscalizar o evento. O promotor observa que foram tomadas medidas legais para reabertura da Escola das Artes, que forma artistas para atuar nos espetáculos natalinos.

Com o afastamento dos membros da antiga comissão, as atividades foram paralisadas. “A escola será vinculada à Secretaria de Turismo”, diz. Outra medida adotada para a próxima edição será a regularização dos trabalhadores. “Queremos tudo dentro da lei. Vamos regularizar o trabalho informal”, observa.

De acordo com o prefeito Nestor Tissot, as equipes que fazem a decoração já estão trabalhando nos barracões. “Estamos engajados na realização do evento. Nossa comunidade ficou aflita, mas tudo será feito e, com certeza, teremos mais um belo Natal Luz”, diz.

Bookmark and Share

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895