Novo lote com 629 mil doses da vacina da Pfizer chega ao Brasil

Novo lote com 629 mil doses da vacina da Pfizer chega ao Brasil

Previsão da farmacêutica é que 200 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 sejam entregues ao Ministério da Saúde este ano

R7

Pfizer deve entregar 200 milhões de doses ao Brasil

publicidade

Um novo lote com 629.460 doses da vacina Pfizer contra a covid-19 desembarcou no final da tarde desta quarta-feira no aeroporto de Viracopos, em Campinas, interior de São Paulo. É a quinta remessa do imunizante desde o final de abril, que será entregue para distribuição ao Ministério da Saúde.

A previsão é que 200 milhões de doses sejam entregues este ano, o que permitirá a vacinação de 100 milhões de brasileiros, já que o imunizante requer duas doses – no país está sendo aplicado com intervalo de três meses.

 A entrega faz parte de um acordo firmado em 19 de março que prevê a disponibilização de 100 milhões de vacinas ao país até o final do terceiro trimestre deste ano. "Somadas aos lotes anteriores, mais de 3,4 milhões de doses foram entregues", aponta nota da Pfizer.

A primeira entrega foi realizada no dia 29 de abril com 1 milhão de doses; a segunda em 5 de maio, com 628.290, e a terceira no dia 12, ambém com 628.290 doses. A quarta entrega foi no dia 19, com 629.460 doses.

A Pfizer informa que as vacinas que estão sendo enviadas para o Brasil vêm das fábricas de Püurs, na Bélgica, e Kalamazoo, nos Estados Unidos. A empresa pretende fornecer mais de 2,5 bilhões de doses em todo o mundo até o final do ano. A vacina da Pfizer tem registro definitivo concedido pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) no Brasil desde 23 de fevereiro.

Distribuição

O Ministério da Saúde afirma que já distribuiu mais de 90,7 milhões de doses de vacinas contra Covid-19, entre CoronaVac e Oxford/AstraZeneca, desde o início da campanha, em 18 de janeiro. As vacinas da Pfizer começaram a ser enviadas aos estados e Distrito Federal no dia 3 de maio.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895