OMS: estudo sobre plasma convalescente para Covid-19 não teve resultados conclusivos

OMS: estudo sobre plasma convalescente para Covid-19 não teve resultados conclusivos

Resultado foi dado após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, autorizar o uso de plasma convalescente para tratar pessoas com o novo coronavírus

AE

Soumya Swaminathan, cientista-chefe da Organização Mundial da Saúde

publicidade

A cientista-chefe da Organização Mundial da Saúde, Soumya Swaminathan, disse nesta segunda-feira que há estudos sobre a utilização de plasma convalescente para o tratamento de Covid-19. Contudo, ela ressaltou que apenas um deles foi publicado e não apresentou resultados conclusivos.

O comentário, feito durante coletiva de imprensa da OMS, veio um dia depois de o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciar que a Food and Drug Administration (FDA) autorizou em caráter emergencial o uso de plasma convalescente para tratar pacientes diagnosticados com o novo coronavírus no país. 

Nesse domingo, a organização disse que crianças com 12 anos ou mais devem usar máscaras para ajudar a combater a pandemia de Covid-19 nas mesmas condições que os adultos, enquanto crianças entre seis e 11 anos devem usá-las sob abordagem baseada em risco.

O uso de máscara deve ser feito por crianças nestas idades especialmente quando a distância de um metro de outras não pode ser garantida e há transmissão generalizada na área. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895