Orla do Guaíba terá cinema ao ar livre em junho
capa

Orla do Guaíba terá cinema ao ar livre em junho

Cine Drive In acontece a partir do dia 11

Por
Felipe Samuel

Instalações na Orla já estão sendo providenciadas


publicidade

O movimento de funcionários na montagem de andaimes no estacionamento da Associação dos Dirigentes de Marketing e Vendas do Brasil (ADVB), na avenida Edvaldo Pereira Paiva, chama a atenção de quem passa de carro ou a pé pela região do Praia de Belas. O local de 12 mil m² abrigará o projeto Cine Drive In Porto Alegre, que vai oferecer ao público, a partir de 11 de junho, a experiência de assistir filmes dentro do carro. Para garantir o conforto do telespectador e remeter a uma estrutura semelhante ao cinema, o drive in vai disponibilizar uma tela de 90m², além de comidas e bebidas aos clientes. Serão duas sessões por dia, que têm início no final da tarde.

O projeto ganhou forma a partir de uma parceria entre seis empresas, que decidiram oferecer aos porto-alegrenses uma nova forma de entretenimento em meio à pandemia do novo coronavírus. Diretor da Jog Engenharia de Andaimes, Rui Smith Bastian explica que a estrutura vai comportar espaço para o telão e patrocinadores da iniciativa. O local poderá abrigar até cem veículos, que ficarão estacionados com no mínimo de 4 metros de distância. "Estamos tentando fazer alguma coisa que traga entretenimento para a cidade, que promova alguma coisa para a cidade, um local seguro para poder ver um filme, sair um pouco de casa, fazer uma coisa diferente a um custo razoável", observa.

Produtor do evento, Giovani Bonin-Barbieri afirma a ideia inicial é 'sentir o público' e observar como vão funcionar as primeiras sessões. Inicialmente, o objetivo é estender as sessões até o final de junho. "A grande ideia do nosso evento é levar entretenimento nesse período que está todo mundo em casa", destaca. Antes do surgimento da Covid-19, as empresas parceiras já planejavam reproduzir a experiência do drive-in na Capital. "Quando chegou a pandemia a gente pensou em fazer agora o drive in. A grande inspiração é nessa movimentação de drive-ins que tinha na década de 70 e 80. A gente queria trazer isso agora para criar experiência diferente de cinema", frisa.

Ele reforça que haverá programação diversa no catálogo para contemplar toda família. Os filmes que serão exibidos vão ser divulgados nos próximos dias. "A primeira sessão vai começar entre 18 e 19h, dependendo do filme, e a segunda sessão começa às 21h", destaca. No local, o público contará com 'cardápio clássico' oferecido em cinema: pipoca, cachorro-quente e bebidas. "Miramos fazer mesmo uma experiência clássica de cinema com o que o pessoal está acostumado a consumir no cinema. Bebida alcoólica não vamos oferecer para não comprometer a segurança do público", justifica. 


As vendas dos ingressos serão feitas por um site na internet. O ingresso por carro custa R$ 50 no primeiro lote. No segundo, pula para R$ 100. O valor independe do número de passageiros. "Se tiver cinco pessoas dentro paga a mesma coisa, mas recomendamos que limitem a três para ter melhor visibilidade", avalia. Se o projeto tiver boa aceitação nos primeiros dez dias, poderá ser estendido até o final do mês.