Pacientes do Clínicas serão remanejados para UPAs
capa

Pacientes do Clínicas serão remanejados para UPAs

Emergência do hospital ficará fechada de 12 a 24 de novembro

Por
Correio do Povo

Emergência do Clínicas já restringe atendimento

publicidade

A Emergência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) vai ficar fechada de 12 a 24 de novembro para a limpeza em dutos de ar-condicionado e manutenção em geral. O procedimento, que é uma exigência da Vigilância Sanitária, a fim de garantir a segurança de pacientes e servidores contra bactérias e fungos que podem se propagar pelo ambiente, requer que o setor esteja completamente vazio. Portanto, desde esta quarta-feira, o HCPA está restringindo os atendimentos na emergência. São atendidos apenas os pacientes encaminhados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e com risco de morte.

Conforme a supervisora da enfermagem do HCPA Marta Johann, 120 pacientes estavam sendo atendidos na emergência hoje, enquanto a capacidade é de de 41 leitos. Segundo ela, o movimento já está reduzido, pois geralmente a emergência atuava com mais de 200 pacientes. “Felizmente a população parece já estar avisada e deve estar buscando outro local para atendimento”, relatou Johann. Segundo ela, mesmo com a procura reduzida, diversos pacientes que procuraram a emergência foram redirecionados para buscar atendimento nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

Durante o período em que a emergência ficará fechada, entre os dias 12 e 24 deste mês, os pacientes devem buscar outro local de atendimento da rede de saúde, mas haverá um box de estabilização com capacidade limitada, para atender pacientes com risco de morte. “Neste momento, o esforço do hospital vai ser redistribuir estes 120 pacientes que estão na emergência até a data limite \[12 de novembro, quando inicia o procedimento de limpeza”, explicou Johann.