Papa Francisco é visto de máscara pela primeira vez em público

Papa Francisco é visto de máscara pela primeira vez em público

Aparição ocorreu em um evento com cerca de 500 pessoas, no Vaticano

AFP

Após seis meses de pandemia, Papa Francisco é visto usando máscara pela primeira vez

publicidade

O papa Francisco foi visto de máscara em público, pela primeira vez, nesta quarta-feira, acessório que ele removeu rapidamente antes de sair do carro que o transportava para a audiência geral.

Após seis meses das tradicionais audiências das quartas-feiras gravadas ao vivo de sua biblioteca privada, o sumo pontífice retomou este encontro na presença dos fiéis. A sessão foi realizada para uma multidão de cerca de 500 pessoas, ao ar livre, mas em um pátio fechado do palácio apostólico. Depois de tirar a máscara, o papa evitou apertar mãos e beijar as crianças, como fazia antes na imensa Praça de São Pedro.

Adepto do contato humano direto, porém, ele se aproximou dos fiéis, que se aglomeravam ao longa barreira de proteção instalada, em vez de permanecerem nas cadeiras espalhadas no local. Alguns dos presentes baixavam a máscara para cumprimentá-lo melhor, enquanto outros colocavam um presente em suas mãos.

Antes de iniciar sua catequese e após apertar as mãos das autoridades religiosas que participaram da audiência, Francisco recomendou à multidão, sorrindo, que "cada um voltasse para sua cadeira" para "evitar o contágio".

Desde o início da pandemia da Covid-19, o papa parece pouco preocupado com a própria saúde. Aparecendo sistematicamente sem máscara ao recepcionar seus visitantes dentro do palácio apostólico, embora receba muito menos grupos do que antes.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895