Parte de falésia desaba na Praia de Pipa e deixa 3 mortos, diz PM

Parte de falésia desaba na Praia de Pipa e deixa 3 mortos, diz PM

Vídeo mostra o momento em que banhistas tentam socorrer um casal e uma criança soterrados

R7

Segundo os Bombeiros, um casal e uma criança ficaram soterrados

publicidade

Parte de uma falésia em praia de Pipa, no Litoral do Rio Grande do Norte, desabou na manhã desta terça-feira. Três pessoas ficaram soterradas e a Polícia Militar confirmou as mortes. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as vítimas seriam um casal e uma criança. No entanto, as identidades das vítimas ainda não foram confirmadas.

Um dos principais pontos turísticos do estado, distante 80 quilômetros de Natal, Pipa é conhecida pelas encostas íngremes que dão acesso à praia. Segundo o Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte, o acidente ocorreu por volta do meio-dia. Ainda não se sabe o que causou o desmoronamento que atingiu o casal e a criança, que estavam na praia, sob a sombra da falésia. Além de três equipes de resgate, peritos do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) estiveram no local. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que banhistas tentam socorrer as vítimas.

A queda de parte de escarpas como as de Pipa não é incomum. Sujeitas à ação da maré, as falésias sofrem erosão, o que acaba por fazer com que parte da parede rochosa se solte. Além disso, outros tipos de acidentes com pessoas também não são raros, já que é bastante comum que moradores e turistas se descuidem ao parar para admirar a paisagem e tirar fotos. Em alguns pontos, o paredão chega a medir 40 metros de altura.

No começo de setembro, um casal de turistas caiu das falésias de Pipa após perder o controle de um quadriciclo. Os dois sofreram escoriações e uma fratura sem maior gravidade.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895