Piquetes começam processo de desmontagem no Acampamento Farroupilha

Piquetes começam processo de desmontagem no Acampamento Farroupilha

Funcionamento continua até o final de semana, mas sem abertura para público externo

Henrique Massaro

Piquetes começam a ser desmontados no Acampamento Farroupilha

publicidade

Um dia após o 20 de setembro e o término do Acampamento Farroupilha, o clima ainda era de muitas incertezas no Parque Harmonia. O prazo de dez dias estabelecido pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) para que os estabelecimentos e piquetes fossem desmontados acabou deixando também que os tradicionalistas mantivessem o funcionamento internamente ao longo do final de semana.

A decisão, no entanto, vai contra determinação do Corpo de Bombeiros, que afirma que, a partir dessa quinta-feira, quando terminou o Plano de Prevenção Contra Incêndios (PPCI) todos os espaços já deveriam estar em processo de desmontagem.

Na manhã desta sexta-feira, o cenário no Parque era de contrastes. Enquanto a maior parte dos estabelecimentos como bares e restaurantes desmontavam suas estruturas e recolhiam os materiais, a maioria dos piquetes permanecia como nos dias de evento.

Responsável pelo piquete Chimango, de Itapuã, Jorge Carrão explicou que, como os espaços poderiam ser desmontados até o final do mês, os tradicionalistas optaram por manter os locais abertos até este domingo para fazer churrascos e receber os amigos. Do piquete Quarto Costado, da Lomba do Pinheiro, Paulo Ricardo também pretendia manter o local por mais alguns dias. “Com luz e água, a gente vai até domingo”, disse. 



Prorrogação cara


O coordenador da 1ª Região Tradicionalista do MTG, Luiz Henrique Lamaison, afirmou que o abastecimento seria mantido exclusivamente para os piquetes durante o prazo estipulado. De acordo com ele, os locais poderiam continuar funcionando, mas sem abertura ao público externo. A luz e a água do restante do parque, bem como os serviços de segurança, seriam diminuídos progressivamente. Ainda conforme Lamaison, o MTG teve interesse em estender o contrato do PPCI, que se encerrou no dia 20, mas a prorrogação tinha um valor considerado muito elevado.

“Por conta e risco”

O chefe da Divisão de Segurança Contra Incêndios do 1º Batalhão de Bombeiros Militar, major Ederson Lunardi, informou que a maioria dos piquetes estava em fase de desmonte durante a tarde, no Parque Harmonia, quando duas equipes do Corpo de Bombeiros foram ao local para realizar uma fiscalização. As equipes estiveram no local por cerca de duas horas e encontraram cerca de 90 piquetes abertos.

"Os proprietários informaram que vão desmontar as estruturas durante o final de semana e foram notificados para que não tenham atividades com acesso de público externo", explicou Lunardi. O descumprimento da regra pode chegar aos Bombeiros por meio de denúncias. Segundo ele, na prática o evento foi encerrado. "Quem estiver usando, é por conta e risco, embora o evento tenha terminado, nem todos os espaços foram fechados, mas foi constatado que os locais que ainda não fecharam estão com a prevenção de incêndios instalada", declarou.

De acordo com Lunardi, as bancas do espaço de artesanato e da praça de alimentação também começaram a ser desmontadas. "O pessoal ainda vai o final de semana desmontando, o que não pode é ter programação como shows, por exemplo", enfatizou. Até o momento não há nenhuma aplicação de multa ao Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), que é o responsável pela realização do Acampamento Farroupilha. "O valor depende dos itens descumpridos, mas é difícil que esta medida seja tomada", ressaltou.

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895