Playground da Redenção é entregue restaurado para o uso da população
capa

Playground da Redenção é entregue restaurado para o uso da população

Prefeitura de Porto Alegre e iniciativa privada estão fazendo uma série de intervenção no parque

Por
Cláudio Isaías

Playground que fica próximo a José Bonifácio foi o primeiro que foi entregue pela prefeitura e seu parceiro privado


publicidade

Com 37,51 hectares, o Parque da Redenção, uma das mais visitadas áreas de lazer da cidade, está recebendo uma série de intervenções da prefeitura e da iniciativa privada. Na manhã desta sexta-feira, o playground do parque localizado na rua José Bonifácio foi totalmente restaurado e entregue para o uso da população.

A estrutura teve os elementos simbólicos preservados e ganhou um projeto arquitetônico moderno e acessível, com instalação de trilha de aventura e montanhas para escalada, com borracha de pneus reciclados, gangorras, bancos, piso emborrachado colorido, caixa de areia e recanto de descanso e leitura. O prefeito Nelson Marchezan Júnior disse que o desejo da cidade e da administração municipal de melhorar os espaços públicos para que eles sejam melhores aproveitados pelos porto-alegrenses.

"Temos mais de 600 praças na cidade e por isso buscamos fazer um contrato de manutenção para modernização em praças e parques. Estamos buscando recursos privados como contrapartida de investimentos imobiliários", destacou.

O secretário municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade, (Smams), Germano Bremm, afirmou que, pelo menos, desde o ano 2000, as intervenções ocorriam de forma pontual, em recantos específicos e não de forma ampla como agora. "Está é mais uma importante intervenção da prefeitura de Porto Alegre para qualificar os espaços públicos”, ressaltou.

Além da pintura de 390 bancos, da substituição de 106 lixeiras, da recuperação das pedras portuguesas no Largo do Expedicionário e da recolocação de saibro rosa no eixo central e em outras áreas do parque, 11 intervenções já foram concluídas: Fonte Luminosa, Recanto Alpino, pergolados do Recanto Europeu, Complexo do Lago (Embarcadouro, Atracadouro e Ilha); dois playgrounds (próximos à rua José Bonifácio, entregue nesta sexta,- e na rua Luiz Englert); duas academias (perto da rua Luiz Englert e próximo ao viaduto Imperatriz Dona Leopoldina); e uma área de estar perto da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs).

Segundo Bremm, outras nove intervenções então em andamento e a previsão é que todas estejam concluídas até a Semana de Porto Alegre, no final de março. Além do cachorródromo, outros dois playgrounds com conceito similar estão em processo de revitalização: nas proximidades da rua Setembrina e o perto da avenida João Pessoa. Eles deverão estar concluídos no mês de março.

Também estão em andamento a revitalização do Parque Ramiro Souto, a reforma de salas na área do antigo Orquidário, a recuperação de bancos e vasos do Recanto Europeu e intervenções no Chafariz Imperial, que está recebendo impermeabilização do espelho d’água e troca das duas bombas, com instalação de sistema de segurança contra furto.

O diretor de Incorporação da Cyrela Goldsztein, Luiz Guilherme Paludo, informou que foram desenvolvidos novos projetos para o espaço. "As três pracinhas já exstem na Redenção, mas estavam sem manutenção e com brinquedos quebrados. Não estamos fazendo apenas a manutenção do local. Propusemos um novo projeto trazendo espaços mais lúdicos e dinâmicos,inspirados em parques de diversos lugares do Mundo", acrescentou.


O investimento é de mais de R$ 3,8 milhões, proveniente de um Termo de Conversão em Área Pública (R$ 3,4 milhões), firmado com a empresa Cyrela Goldsztein, e do projeto de revitalização de Praças e Parques da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (R$ 465 mil).