Policiais auxiliam em parto no bairro Mathias Velho, em Canoas
capa

Policiais auxiliam em parto no bairro Mathias Velho, em Canoas

Situação ocorreu no início da madrugada. Mãe e filho foram conduzidos ao hospital e passam bem

Por
Franceli Stefani

Parto natural aconteceu com auxílio de policiais militares na madrugada deste sábado

publicidade

Um menino que recebeu o nome de João Pedro nasceu pelas mãos da Brigada Militar no início da madrugada deste sábado, em Canoas, na Região Metropolitana. De acordo com o comandante do 15º Batalhão de Polícia Militar (BPM), major Jorge Dirceu Filho, a situação ocorreu em uma praça na Avenida Rio Grande do Sul, no bairro Mathias Velho. Os policiais estavam em patrulhamento quando se depararam com a mãe, uma mulher de 37 anos, moradora de rua, em trabalho de parto no local, por volta da 00h30min. Sem tempo suficiente para aguardar a chegada de uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a guarnição prestou o auxílio ao nascimento do bebê.

“Foi uma situação inusitada e feliz nesta semana triste em que perdemos um soldado. Tivemos a grata surpresa de trazer a vida para outra pessoa”, expressa o comandante. De acordo com o major, os outros moradores de rua que estavam nas proximidades da mulher estavam perdidos e assustados, sem saber o que fazer. “Os PMs perceberam, quando passavam pelo local, que a mulher estava gritando. Imediatamente a viatura parou para fazer o atendimento”, descreve. Ao ligar para a sala de operações para repassar a situação, o agente informou que havia recebido informações de uma possível briga no endereço. “Como vivem algumas pessoas em situação de rua no local, as pessoas que moram próximas não desceram para verificar e acreditavam ser uma briga entre eles. Nem deu tempo da sala acionar a guarnição porque eles estavam no local e viram.”

O Samu foi imediatamente acionado, mas sem tempo suficiente para aguardar a chegada de uma ambulância, os policiais prestaram o auxílio inicial para o nascimento da criança. “Ela já estava em trabalho de parto. Não tinha como nós fazermos a condução, o bebê estava aparecendo já. A chegada da criança foi tranquila, a equipe ficou amparando até a chegada do Samu, que fez o corte do cordão umbilical e conduziram mãe e filho para o hospital”, detalha o comandante. Eles foram levados ao Hospital Universitário da Ulbra em estado estável. Esse é o primeiro parto realizado pela instituição em 2019 na cidade.

Onda se solidariedade no 15º BPM

Conforme o major Dirceu, não é novidade a atuação humana e próxima da população dos policiais militares de Canoas. “Viemos há tempo em algumas ondas do bem, campanhas que o batalhão faz a frente. Temos tido várias surpresas e satisfações em que a tropa presta auxílio à comunidade de forma voluntária, nem preciso motivar e fazem ao natural”, frisa.

Na última onda de frio intenso que o Estado teve os policiais, sensibilizados com as pessoas em situação de rua, tiraram dinheiro do bolso para comprar viandas e entregar a elas. “Desde então acometidos por esse espírito de solidariedade buscamos na casa das pessoas doações para essas pessoas. O povo de Canoas atendeu o nosso apelo e em três dias conseguimos três mil peças. Muitas delas novas, sendo mantas e cobertores comprados em lojas e entregues para BM. Só temos a agradecer.” Segundo ele, o parto chega para coroar a onda do bem que o 15º BPM tem levado aos canoenses. “O bem é fácil de fazer. O nascimento da criança é uma recompensa. Foi um privilégio ter tido esse privilégio de trazer ele ao mundo.”