Porto Alegre amplia vacinação para público de 32 e 31 anos para esta semana

Porto Alegre amplia vacinação para público de 32 e 31 anos para esta semana

Adolescentes com comorbidades também serão contemplados a partir desta quinta-feira

Correio do Povo

Porto Alegre ampliou a vacinação contra a Covid-19 para adolescentes com comorbidades e pessoas com até 31 anos

publicidade

A Prefeitura de Porto Alegre anunciou, nesta quarta-feira, a ampliação da faixa etária da vacinação contra a Covid-19. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), pessoas com 32 anos poderão receber a primeira dose da vacina nesta quinta-feira. Já o público de 31 anos poderá ser vacinado a partir da sexta-feira. 

Segundo a SMS, os adolescentes com comorbidades, com idades entre 15 e 17 anos, também poderão ser vacinados nesta quinta-feira. Já os jovens com 12 e 14 anos podem receber a primeira dose a partir de sexta-feira. Para este grupo, está liberada apenas a vacina da Pfizer, segundo orientação e autorização da Anvisa. 

Os locais de vacinação ainda não foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre. 

Conforme a SMS, Porto Alegre recebeu no início da tarde desta quarta um lote com 46.237 doses de vacinas contra Covid-19. Destas, 4.452 serão destinadas para os adolescentes com comobidades e 10.020 AstraZeneca para a 2ª dose. Com esta remessa, foi possível ampliar a imunização para o público de 32 anos (14.848 pessoas) nesta quinta-feira, e 31 anos (15.596 pessoas).

De acordo com a pasta, Porto Alegre precisaria de mais 18.144 doses da vacina para poder ampliar para a faixa etária dos 30 anos. 

Documentação

De acordo com a SMS, para receber a primeira dose, todos os públicos devem apresentar documento de identidade com CPF e comprovante de residência em Porto Alegre. Para profissionais de saúde ou da educação, é preciso documento que comprove o vínculo de trabalho na Capital. 

Para o grupo das comorbidades e deficiência, é necessário comprovar a condição (exceto Síndrome de Down). Gestantes podem apresentar a carteira do pré-natal. Para a segunda dose, é necessário levar identidade com CPF e carteira com registro da primeira aplicação.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895