Porto Alegre ganhará 22 quilômetros de faixas exclusivas para ônibus
capa

Porto Alegre ganhará 22 quilômetros de faixas exclusivas para ônibus

Funcionamento do novo sistema, que deve ser implementado em seis meses, se dará nos horários de pico em 16 vias

Por
Correio do Povo

Medida beneficiará diretamente 370 mil pessoas que usam o transporte coletivo diariamente

publicidade

Porto Alegre terá 22 quilômetros a mais de faixas exclusivas para ônibus em 16 vias no próximo semestre. O Projeto de Priorização do Transporte Coletivo de Porto Alegre – apresentado pela Prefeitura e pela Empresa Pública de Transporte e Circulação nesta sexta feira – prevê a implementação da medida para desafogar o trânsito de coletivos. Atualmente a cidade conta com 17 quilômetros de área dedicadas ao modal em momentos específicos do dia. O funcionamento do novo sistema se dará nos horários de pico, das 6h às 9h, e das 16h às 20h. A exceção é o Túnel da Conceição, cuja faixa terá exclusividade contínua das 6h às 20h.

As faixas serão marcadas com uma cor diferenciada em até seis meses. Os locais foram escolhidos a partir de diagnóstico da EPTC, que identifica os principais gargalos de transporte que devem ser solucionados para melhorar a circulação dos coletivos. Além da rua da Conceição, receberão a identificação as avenidas Independência, Mostardeiro, Goethe, Mauá, João Goulart, Loureiro da Silva (sentido túnel), Silva Só, Azenha, 24 de Outubro, Plínio Brasil Milano, Siqueira Campos, Ipiranga (trecho II e III) e Paulo Gama / Luiz Englert.

Conforme a EPTC, serão 154 linhas beneficiadas – o número representa 41% do total das 373 linhas e que elas terão um ganho médio de 25 minutos no deslocamento. O diretor-presidente da empresa, Fabio Berwanger Juliano, destaca que a qualidade de vida de uma população está ligada, também, ao do transporte público. "Não é só uma obra, mas uma mudança de cultura. É uma missão priorizar o coletivo para quem mais precisa", afirmou.