Porto Alegre prevê vacinar com 1ª dose toda população adulta até o fim de setembro

Porto Alegre prevê vacinar com 1ª dose toda população adulta até o fim de setembro

Secretário de Saúde Mauro Sparta afirmou que a cidade deve ampliar imunização para homens e mulheres de 52 anos para esta quarta-feira

Correio do Povo

Porto Alegre prevê vacinar com 1ª dose toda população adulta até o fim de setembro

publicidade

O secretário municipal de Saúde de Porto Alegre, Mauro Sparta, afirmou na manhã desta terça-feira que a prefeitura acredita que até o fim de setembro toda a população adulta já esteja imunizada com a primeira dose da vacina contra a Covid-19. 

"Claro que isso tudo depende do ritmo de envio de imunizantes, mas a nossa previsão é esta. Em um pensamento mais otimista poderíamos pensar até em agosto, mas dizemos setembro porque é uma previsão mais espaçada. Aumentando o ritmo de vacinação, conseguiremos isso rapidamente", disse em entrevista ao programa Agora, da Rádio Guaíba. 

O secretário explicou que Porto Alegre teria condições de vacinar muito mais pessoas diariamente. "Nós temos 140 unidades de saúde básica e usamos apenas 33 para a vacinação contra a Covid-19. Poderíamos até pensar em algo com 24 horas, mas não há vacinas suficientes. Não tem como espichar mais porque não haveria equilíbrio no número de doses entre os locais", argumentou. 

Veja Também

Campanha estendida e adolescentes 

Sparta informou ainda que a prefeitura quer ampliar a vacinação contra o coronavírus para as pessoas com 52 anos para esta quarta-feira. A expansão da campanha poderá ser comunicada ao longo do dia. "Hoje, estamos vacinando pessoas de 53 anos e fizemos isso porque sentimos que dava. Se tudo correr direitinho, devemos estender para o pessoal de 52 anos, homens e mulheres, a partir de amanhã", colocou. 

Ao ser questionado sobre a vacinação de adolescentes, Sparta explicou que as secretarias de Saúde aguardam um parecer da Comissão Tripartite. "É necessário vacinar este público, ainda que eles não tenham contraído muito essa doença, mas é preciso protegê-los. Eu acredito que em breve vamos receber um comunicado autorizando a imunização dos mais jovens", acrescentou o secretário. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895