Porto Alegre registra taxa de 83,50% de ocupação nas UTIs nesta segunda

Porto Alegre registra taxa de 83,50% de ocupação nas UTIs nesta segunda

Três hospitais operam com lotação igual ou superior a 100% na Capital

Jessica Hübler

Três hospitais operam com lotação das UTIs igual ou superior a 100% em Porto Alegre nesta segunda

publicidade

A taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em Porto Alegre, na tarde desta segunda-feira, é de 83,50%. Dos 759 pacientes que estão internados em UTIs da Capital, 363 tem diagnóstico positivo da Covid-19 e outros 24 são considerados suspeitos. Além disso, pelo menos dez pessoas estavam nas emergências hospitalares aguardando por vagas nas UTIs.

Os hospitais da Capital ainda prestam assistência com ventilação mecânica fora das UTIs a pelo menos sete pacientes. Dos 18 hospitais monitorados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), somente três operam com lotação das UTIs igual ou superior a 100%, nesta segunda-feira.

Situação crítica

As situações mais críticas foram observadas no Hospital Ernesto Dornelles, onde estão internados 46 pacientes em uma UTI que, usualmente, disponibiliza 40 leitos, ou seja, 115% de lotação. No Hospital Moinhos de Vento, a UTI registrou ocupação de 107,58% de ocupação e contabiliza 71 pacientes em um espaço de 66 leitos.

Os hospitais que atendem o maior número de pacientes nas UTIs ou nas emergências com Covid-19 são, respectivamente: Hospital de Clínicas (77 confirmados e 11 suspeitos), Santa Casa de Misericórdia (49 confirmados e 7 suspeitos) e Hospital Nossa Senhora da Conceição (44).

No Rio Grande do Sul, a taxa de ocupação das UTIs é de 78,1% na tarde de hoje. Dos 3.390 leitos disponíveis, 2.647 estavam ocupados. O número de internações relacionadas à Covid-19 representavam 64,63% do total.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895