Porto Alegre tem menor número de internações por Covid-19 em UTIs em 15 meses

Porto Alegre tem menor número de internações por Covid-19 em UTIs em 15 meses

Rede hospitalar contava com 147 pacientes atendidos nesta terça-feira

Brenda Fernández

Rede hospitalar contava com 147 pacientes atendidos nesta terça-feira

publicidade

Após 15 meses, Porto Alegre contabiliza menos de 150 internações por Covid-19 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Na manhã desta terça-feira, eram 147 casos graves atendidos, menor volume desde 29 de junho de 2020, quando 148 pacientes foram acolhidos. Ontem, volume era de 154 internações. A ocupação hoje da rede hospitalar municipal é de 73.50%. No entanto, sete dos 18 hospitais mantinham dados em atraso por volta das 10h30min.

A queda no índice ocorre seis meses após a Capital registrar superlotação nos hospitais, com recorde de 870 pacientes com Covid-19 em UTIs em 25 de março. A melhora dos indicadores também é identificada em nível estadual. Nessa segunda-feira, o Rio Grande do Sul registrou o menor número de pacientes com Covid-19 em UTIs desde julho de 2020. Eram 423 pacientes com Covid-19, menor volume desde 2 de julho de 2020. Naquela data, em meio ao primeiro pico da pandemia no RS, haviam 417 pessoas internadas. Seis meses atrás, em meio ao colapdo do sistema de saúde, o total de internados em UTI em razão da Covid superou os 2,6 mil.

Mais da metada da população gaúcha possui esquema vacinal completo

O cenário acompanha o avanço da vacinação em solo gaúcho. Até esta terça-feira, mais de 90% da população já contava com uma dose da vacina e 51.7% tinha as duas doses ou a dose única contra Covid-19. Nesta semana, algumas prefeituras iniciaram a aplicação da dose de reforço para idosos e a imunização de adolescentes sem comorbidades, como é o caso de Porto Alegre.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895