Porto Alegre tem menor número de internados pela Covid-19 em UTIs desde 19 de julho

Porto Alegre tem menor número de internados pela Covid-19 em UTIs desde 19 de julho

Hospitais da cidade atendem 276 casos confirmados para coronavírus

Felipe Samuel

Capital segue monitoramento de casos, com foco nos graves

publicidade

Com 276 casos confirmados para o novo coronavírus, os hospitais da Capital registravam no começo da noite de ontem menor número de internações em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) desde 19 de julho, quando havia 269 pacientes que testaram positivo para o vírus. Mais 27 pessoas seguiam internadas suspeitas de contrair a Covid-19. Ao todo, considerando internações por outras doenças, 692 leitos estavam ocupados de um total de 821, o que representava taxa de ocupação geral de 85,22%. No sábado, a ocupação de leitos chegou a 705. 

Moinhos de Vento, Porto Alegre, Restinga e Mãe de Deus operavam com capacidade máxima, enquanto Vila Nova apresentava lotação de 95%. Outros hospitais também apresentavam taxa de ocupação superior a 85%: São Lucas (88,14%), Nossa Senhora da Conceição (88%), Ernesto Dornelles (87,18%) e Divina Providência (85,71%). Mesmo com maior número de pacientes suspeitos e confirmados para o novo coronavírus - 73 - e mais 62 enfermos por outras doenças, totalizando 135 internações, o Clínicas registrava ocupação de 83,85%.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895