Prefeitura busca contratação emergencial para coleta de lixo em Porto Alegre

Prefeitura busca contratação emergencial para coleta de lixo em Porto Alegre

Anúncio foi feito pelo prefeito Sebastião Melo, que ouvirá propostas até segunda-feira

Correio do Povo

Engenheiros da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) vistoriaram 35 caminhões da prestadora do serviço

publicidade

Em meio a crise da coleta de lixo em Porto Alegre, o prefeito da cidade, Sebastião Melo, anunciou na noite desta segunda-feira que a Prefeitura da Capital fará contratação emergencial por seis meses para definir novo prestador de serviço imediato. O extrato do edital de cotação eletrônica será publicado em edição extra do Diário Oficial de Porto Alegre e o chefe do Executivo ouvirá propostas até às 10h desta segunda-feira. 

De acordo com Melo, o contrato emergencial sustentará o recolhimento dos resíduos até a conclusão do atual processo de licitação em andamento. A expectativa é definir o vencedor e assinar o contrato emergencial ainda na segunda-feira, devendo a empresa selecionada iniciar a prestação do serviço em 24 horas. 

O contrato com a B.A. Meio Ambiente foi suspenso administrativamente pelo município na última quarta-feira, depois da paralisação das atividades pelos trabalhadores da empresa na terça. Mais cedo nesta sexta, a Justiça negou pedido da empresa para anular a suspensão. 

Segundo a Prefeitura, a situação deve se normalizar neste final de semana com a força-tarefa da prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb).

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895