Previdência aumenta piso e teto dos benefícios para aposentados e pensionistas

Previdência aumenta piso e teto dos benefícios para aposentados e pensionistas

Valor mínimo sobe para R$ 622 e o máximo, para R$ 3.912,20

Agência Brasil

publicidade

Os ministérios da Fazenda e da Previdência Social anunciaram nesta segunda-feira os novos valores para o piso e o teto dos benefícios pagos a aposentados e pensionistas. O valor mínimo pago aos beneficiários mudou com o reajuste do salário mínimo – de R$ 545 para R$ 622. Com a aplicação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) relativo a 2011 de 6,08%, o teto aumentou de R$ 3.691,74 para R$ 3.912,20. Os demais valores são corrigidos automaticamente pelo INPC.

A portaria publicada pelos ministérios fixa também as novas alíquotas de contribuição do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para empregadas domésticas e para quem trabalha por conta própria. Os que ganham até R$ 1.174,86 vão arcar com a contribuição mensal de 8% sobre esse valor. Entre R$ 1.174,87 e R$ 1.958,10, a alíquota será de 9%, e para quem ganha entre R$ 1.958,11 e R$ 3.916,20, a contribuição será de 11%.

A cota do salário-família passa a ser R$ R$ 31,22 para o segurado com remuneração mensal não superior a R$ 608,80 e R$ 22 para quem tem remuneração mensal superior a R$ 608,80 e igual ou inferior a R$ 915,05.

As contribuições à Previdência Social têm critério diferenciado para os empreendedores individuais, que a partir deste mês vão recolher R$ 31 e têm todos os direitos assegurados aos demais contribuintes. Eles envolvem 500 atividades autônomas que faturam até R$ 60 mil por ano e são enquadradas no Simples Nacional, com direito à emissão de nota fiscal de serviços.

Até o fim de dezembro estavam inscritos nessa categoria mais de 1,902 milhão de trabalhadores. De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), nos primeiros dias deste mês aderiram ao sistema como novos empreendedores mais de 15,8 mil trabalhadores.

Bookmark and Share

Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895