Quarentena total em Santiago após aumento de 60% dos casos de coronavírus no Chile

Quarentena total em Santiago após aumento de 60% dos casos de coronavírus no Chile

Novas medidas respondem a um recorde de 2.660 novos infectados e 12 mortos a mais nas últimas 24 horas

Por
AFP

País registra 34.381 casos desde março


publicidade

As autoridades chilenas decretaram nesta quarta-feira uma quarentena obrigatória em toda capital Santiago, após um aumento de 60% dos novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas no país, que somam 34.381 infectados desde março. As novas medidas respondem a um recorde de 2.660 novos casos de coronavírus e 12 mortos a mais nas últimas 24 horas.


O Chile havia optado até agora por uma estratégia de quarentenas dinâmicas ou seletivas, em vez de fechar as cidades por completo. O endurecimento das restrições implica que as pessoas não poderão sair de suas casas, exceto para comprar comida ou medicamentos com permissão.