Queiroga fala em vacinar grupos prioritários contra Covid-19 até setembro

Queiroga fala em vacinar grupos prioritários contra Covid-19 até setembro

Ministro declarou que 'objetivo é que isso ocorra antes', mas antecipação dependeria de um aumento da disponibilidade de vacinas

R7

No próximo mês, a vacinação avança para a etapa das pessoas abaixo de 60 anos com comorbidades

publicidade

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta quarta-feira (21) que prevê vacinar contra Covid-19, com duas doses, todo o grupo prioritário — 77,2 milhões de pessoas — até setembro. Em entrevista coletiva, o titular da pasta acrescentou que o "objetivo é que isso ocorra antes", mas preferiu não se comprometer com um prazo menor diante da dificuldade em obter mais doses de imunizantes. 

No próximo mês, a vacinação avança para a etapa das pessoas abaixo de 60 anos com comorbidades. A coordenadora do  Programa Nacional de Imunizações (PNI), Francieli Fantinato, disse se tratar de um "grupo denso", com cerca de 17 milhões de pessoas.

Devido à falta de vacinas para aplicar em todos, o Ministério da Saúde organizará a imunização por faixa etária, iniciando de 59 a 55 anos.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895