Rentabilidade do Banrisul cai 46% em nove meses

Rentabilidade do Banrisul cai 46% em nove meses

Durante reunião virtual da Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais (Apimec), a queda foi atribuída à pandemia

Taís Teixeira

publicidade

A rentabilidade do Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul) caiu 46%  em nove meses. O lucro líquido ajustado foi de R$ 495 milhões de reais nos três primeiros trimestres de 2020, 46% a menos do que o mesmo período do ano anterior, que fechou em R$ 918 milhões. A constatação faz parte de uma análise financeira estadual e nacional para explicar a movimentação econômica do banco em reunião virtual na terça-feira (26) da Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais (Apimec). O levantamento corresponde aos meses de janeiro a setembro de 2020, mostra uma projeção até dezembro do ano corrente e também para 2021. A pandemia foi o principal fator apontado como causa da retração.

O presidente do Banrisul, Cláudio Coutinho, afirma que a pandemia também trouxe reflexos para administração de agências, que passaram por fusão, além do incentivo ao Plano de Demissão Voluntária (PVD) e Reestruturação. “Tivemos 903 colaboradores que aderiram ao PVD, o que reduz as despesas administrativas, que aumentaram 4,4% no terceiro trimestre sobre o segundo trimestre desse ano”, disse. Pessoas dos grupos riscos estão em home office. “Dos três mil colaboradores da agência matriz, no Centro de Porto Alegre, 2.700 estão trabalhando de casa”, explica.

O superintendente executivo de Finanças e Tesouraria, Cássio Zimmermann, explica que o cenário é de recuperação, mas, mesmo assim,  não se atingirá os patamares anteriores à pandemia. “O ano de 2020 é ruim, mas vai ser melhor do que se previu há cinco meses”, completa.

O diretor de finanças e relações com investimentos do Banrisul, Marcus Vinícius Feijó Sataffen, reforça que o principal fator de baixa foi a diminuição do uso de cheque especial, sendo que o motivo que evitou uma queda maior e segurou os números foi a concessão de crédito consignado, em especial do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). “ Essa modalidade fechou setembro em 50,7%, um crescimento de 4,6% sobre o mesmo mês de 2019, que ficou em 46,1%”, esclarece.

O presidente da instituição tambpem destacou  que 228.310 contratos foram repactuados em 2020 devido à crise causada pelo novo coronavírus. O dirigente ressaltou  que o plano Safra 2020/2020, programa federal que incentiva o acesso ao crédito rural para pequenos e médios produtores, significou o empréstimo  de R$ 800 milhões para a agricultura familiar, R$ 635 milhões para produtores de porte médio e R$ 2,67 bilhões para grandes produtores, cooperativas e empresas. “ Por essa razão, que em 2021, o objetivo é expandir a carteira de crédito, com foco no agro", reitera.  A concessão de crédito consignado, imobiliário e para micros e pequenas empresas de varejo também são segmentos atrativos para o banco.

Ainda foram apresentadas as vantagens e movimentações que podem ser efetuadas pelo aplicativo do Banrisul, que teve mais de 260 milhões de acessos nos nove primeiros meses desse ano, e o fortalecimento do Banritech, hub de comunicação para fomentar a inovação na área financeira por meio de um programa de aceleração de startups.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895