Rio comemora 80 anos do Cristo Redentor no Morro do Corcovado
capa

Rio comemora 80 anos do Cristo Redentor no Morro do Corcovado

Missa e benção dos fiéis ocorreram no local hoje

Por
Agência Brasil

Rio comemora 80 anos do Cristo Redentor no Morro do Corcovado


publicidade

As comemorações dos 80 anos do monumento ao Cristo Redentor, no Morro do Corcovado, na capital fluminense, começaram cedo com a benção aos fiéis de várias partes do mundo e do Brasil. O arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta, celebrou a missa no local. Depois, foram inaugurados os bustos de Heitor da Silva Costa, autor do projeto e responsável pela obra do Cristo Redentor, e de dom Sebastião Leme, arcebispo do Rio, que levou adiante a ideia de construção da estátua. A forte neblina cancelou a apresentação da Esquadrilha da Fumaça, da Força Aérea Brasileira.

As homenagens continuam a partir das 18h, no Monumento aos Pracinhas, no Parque do Flamengo, com o Show da Paz, que vai apresentar mais de 30 artistas convidados, entre eles, Zeca Pagodinho, Beth Carvalho, Arlindo Cruz e Alexandre Pires. Durante a festa, haverá o lançamento da exposição Cristo Redentor para Todos.

Nessa terça-feira, o prefeito Eduardo Paes, por meio de de decreto, determinou o tombamento definitivo do monumento. A medida visa à preservação da estátua, bem cultural que desde 1931 constitui um dos mais expressivos símbolos do Rio de Janeiro, ícone brasileiro e uma das sete maravilhas do mundo moderno.

Para o reitor do Santuário Cristo Redentor, padre Omar Raposo, o valor do tombamento definitivo está no reconhecimento ao trabalho dos brasileiros. “O prefeito com o decreto, reconhece que o Cristo Redentor é uma obra de brasileiros feita para os brasileiros e para o mundo todo”, disse.

Bookmark and Share