Rio Grande do Norte e Distrito Federal têm suas primeiras mortes por Covid-19
capa

Rio Grande do Norte e Distrito Federal têm suas primeiras mortes por Covid-19

Em ambos os locais, vítimas tinham 61 anos

Por
Correio do Povo

Pacientes tinham históricos de problemas de saúde

publicidade

À medida em que aumentam os números de casos de Covid-19 no Brasil, também crescem os estados que registram óbitos por conta da doença. Na noite de sábado, autoridades do Rio Grande do Norte informaram a primeira fatalidade em seu território. Já na manhã deste domingo, o governo do Distrito Federal também relatou um paciente que perdeu a vida em decorrência de problemas de saúde por causa do novo coronavírus SARS-Cov-2.

No estado nordestin, a vítima é um homem de 61 anos, com histórico de diabetes, que estava hospitalizado na cidade de Mossoró. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ele foi internado em um hospital particular em 21 de março. Na última sexta-feira, recebeu o diagnóstico de Covid-19. Em nota, o Governo do Rio Grande do Norte e a Prefeitura prestaram solidariedade à família da vítima e desejaram "força para superar esse difícil momento".

No Distrito Federal, a Secretaria de Saúde confirmou que a enfermeira Viviane Rocha de Luiz, de 61 anos, morreu em decorrência da doença. Ex-fumante, com obesidade mórbida e hipertensa, ela morreu em 23 de março, um dia depois de ser internada no Hospital Regional da Asa Norte (Hran), após de ser transferida de um hospital particular. Ele apresentava febre, desconforto respiratório, e "histórico de contato com paciente confirmado de Covid-19" – o resultado positivo para a doença só saiu hoje.

O primeiro teste deu inconclusivo, o segundo exame deu positivo, e uma contraprova feita pela Fiocruz, no Rio de Janeiro, confirmou o diagnóstico. De acordo com a Secretaria, todos aqueles que tiveram contato direto com a vítima estão em isolamento.