Rio Grande do Sul espera receber primeiro lote de vacinas para crianças em 14 de janeiro

Rio Grande do Sul espera receber primeiro lote de vacinas para crianças em 14 de janeiro

Distribuição aos municípios deverá ser feita a partir de 17 de janeiro

Luiz Felipe Mello

969 mil crianças formam o público entre cinco e 11 anos no RS

publicidade

O Rio Grande do Sul espera receber o primeiro lote de vacinas contra a Covid-19 destinadas a crianças de cinco a 11 anos no dia 14 de janeiro. Conforme a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde (SES), o processo de distribuição dos imunizantes deverá ocorrer em 17 de janeiro. Ainda nesta quinta-feira, uma reunião com o grupo técnico da área será realizada para ajustar a operacionalização. A partir disso, o plano deverá ser apresentado pelo governo do Estado no começo da próxima semana.

A previsão do Ministério da Saúde é de que o primeiro lote da Pfizer seja composto por 1.248.00 doses, que deverão ser distribuídas em seguida para todos os estados. De acordo com a SES, mais de 968 mil crianças formam o público entre cinco e 11 anos no Estado. 

As equipes técnicas que definirão os detalhes da nova etapa da campanha de vacinação ainda precisarão discutir os locais em que a imunização vai ocorrer. De acordo com a recomendação da Anvisa, as aplicações no público infantil deverão seguir uma série de critérios, como a criação de salas específicas para a iniciativa. 

Veja Também

Consultada pela reportagem, a Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre (SMS) afirmou que aguarda a chegada das vacinas para definir o seu calendário de vacinação do público infantil. A Capital tem 120 mil crianças na faixa etária entre cinco e 11 anos. 

Após a realização da consulta pública, o Ministério da Saúde definiu que a vacinação de crianças deverá começar na próxima semana. A Pasta decidiu ainda não exigir a apresentação de prescrição médica para realizar a imunização. O intervalo entre as duas doses será de oito semanas. 

Rio e São Paulo

A prefeitura do Rio de Janeiro divulgou nesta quinta-feira o calendário de vacinação do público infantil. A campanha foi agendada para começar no dia 17 de janeiro e será encerrada em 9 de fevereiro. A secretaria municipal de Saúde local dividiu a vacinação por gênero e cada faixa etária será atendida por dois dias, além de uma terceira ocasião para repescagem. As crianças de 11 anos serão as primeiras a receberem as doses e depois as mais novas até finalizar com as de cinco. 

Já o governo do São Paulo afirmou que teria condições de vacinar 250 mil crianças por dia, já que tem um público total de 4,3 milhões com idades entre cinco e 11 anos. A administração estadual relatou que tem 5,2 mil postos de imunização e que usará escolas estaduais como pontos de aplicação da vacina contra a Covid-19. 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895