capa

Rio Grande do Sul registra seis mortes no trânsito durante domingo de Páscoa

Três acidentes ocorreram somente neste feriado pelo Estado

Por
Correio do Povo

Colisão frontal em Vitória das Missões deixou três pessoas mortas

publicidade

O domingo de Páscoa registrou seis mortes nas estradas do Rio Grande do Sul. O último óbito confirmado foi de um idoso de 89 anos que acidentou-se em Vitória das Missões, onde dois carros – um Sandero e um Ka – colidiram frontalmente e ainda causaram a morte de uma criança de 11 anos e uma jovem de 20. 

O motorista do Sandero, de 20 anos, ficou ferido e foi encaminhado ao Hospital de Santo Ângelo. Ele está em estado estável. As vítimas eram seu irmão e sua namorada. O idoso dirigia o Ford Ka e ficou gravemente ferido. Ele não resistiu e faleceu no hospital por volta das 17h. 

Colisão com árvore

A aquaplanagem e saída de pista de um Chevrolet Cobalt, com placas de Brasília, provocou duas mortes pela manhã no km 54 da BR 386, em Seberi. O veículo chocou-se contra árvores fora da estrada. 

As vítimas fatais foram o presidente da Federação dos Sindicatos de Servidores Municipais do Estado do Rio Grande do Sul e também do Sindicato dos Municipários de Palmitinho, Marino da Silva, e o presidente do Sindicato dos Municipários de Redentora, José Carlos Lagger. Uma mulher ficou gravemente ferida, sendo socorrida e levada ao hospital. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Corpo de Bombeiros atenderam a ocorrência. 

Colisão com caminhão

Em São Luiz Gonzaga, um acidente durante a madrugada causou a morte de uma mulher no km 565,2 da BR 295. A vítima foi a agente municipal de trânsito da cidade, identificada como Carla Janaína Gonçalves Trindade, 36 anos. Ela conduzia um Chevrolet Celta. 

O veículo colidiu frontalmente em um caminhão tanque Mercedes-Benz, de uma cooperativa de leite, no trecho da rodovia. Ela chegou a ser socorrida e hospitalizada, mas não resistiu aos graves ferimentos.  O caminhoneiro, de 40 anos, não ficou ferido. 

Ambos veículos ficaram fora da pista após o impacto da batida. A PRF foi acionada e a Brigada Militar prestou apoio na ocorrência.