Rio Grande do Sul tem 10 pontos impróprios para banho

Rio Grande do Sul tem 10 pontos impróprios para banho

Conforme relatório da Fepam, todas as praias do Litoral Norte estão balneáveis

Vitória Famer / Rádio Guaíba

Praias do litoral Norte estão liberadas para banhos

publicidade

Caiu para dez o número de pontos que permanecem impróprios para banho no litoral do Rio Grande do Sul. Em um novo levantamento divulgado nesta sexta-feira pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), dos 83 pontos verificados, dez seguem inadequados.

Três pontos situados no litoral Médio, conforme a Fepam, estão impróprios: Praia da Barrinha, em São Lourenço do Sul, e dois pontos no município de Tapes – o primeiro deles leva o nome do município e o segundo fica localizado em frente ao Camping dos Pinheirais.

Na região hidrográfica do Uruguai, quatro pontos também foram considerados impróprios: Balneário Caverá, em Alegrete; Praia do Passo Real, em Dom Pedrito; Camping Rainha do Sol, em Manoel Viana, e Praia das Areias Brancas, em Rosário do Sul.

O litoral Sul apresenta no município de Pedro Osório, em frente ao Camping Municipal, ponto impróprio ao banho. Em toda a Região Hidrográfica do Guaíba seguem impróprios os pontos da Praia da Alegria e Praia da Florida.

O técnico da Divisão de Qualidade da Fepam, Rafael Midugno, afirmou que é difícil precisar quais foram os motivos pontuais que tornaram próprios outros três pontos de banho, já que no outro anúncio divulgado pela Fundação, o número de pontos impróprios estava em treze. Porém, conforme Midugno, um dos principais fatores que podem ter contribuído para a balneabilidade nas últimas cinco semanas é a chuva e a própria redução do depósito de coliformes fecais.

Na região do litoral Norte não foram identificados pontos impróprios ao banho.

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895