RS recebe novas remessas de vacinas da Pfizer e AstraZeneca

RS recebe novas remessas de vacinas da Pfizer e AstraZeneca

Distribuição às 18 Coordenadorias de Saúde iniciou na manhã desta quinta-feira

Gabriel Guedes

Distribuição às 18 Coordenadorias de Saúde iniciou na manhã desta quinta-feira

publicidade

A Secretaria Estadual da Saúde e o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems/RS) concordaram que as 353.250 doses da Astrazeneca/Fiocruz que chegaram ao Estado na manhã da quarta-feira e distribuídas a quase todos os municípios nesta quinta-feira, somadas ao lote de 37.440 doses da Pfizer que foram recebidas também na quarta-feira, serão utilizadas para avançar na vacinação das pessoas com comorbidades, deficientes que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e gestantes e puérperas com comorbidades e/ou gestantes ou puérperas que apresentem indicação médica após avaliação de risco/benefício.

Veja Também

A distribuição foi iniciada ainda na manhã de hoje às 18 coordenadorias regionais de saúde (CRS), que repassam os imunizantes aos municípios. As vacinas da AstraZeneca serão empregadas também na imunização trabalhadores do transporte aéreo e portuários de todo o Rio Grande do Sul. Porto Alegre recebeu 11.445 doses para iniciar a vacinação destes dois grupos e das pessoas com comorbidades e deficientes, e que serão disponibilizadas a partir de sexta-feira na Capital, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Outra parte das doses serão destinadas ainda para começar a vacinar pessoas com deficiência permanente grave. "Os municípios que completarem a etapa das comorbidades podem ir avançando no grupo das deficiências permanentes", observa a secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann. Mas Porto Alegre, que irá receber a totalidade das doses da Pfizer e destiná-las a este grupo, só irá retirar o carregamento na próxima segunda-feira, devido à logística e ao processo de descongelamento, conforme a SMS. A aplicação com este imunizante deve ser retomada na terça-feira na Capital.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895