RS será um dos estados priorizados em próximo lote de vacinas

RS será um dos estados priorizados em próximo lote de vacinas

Ministério da Saúde irá beneficiar quatro estados próximos a fronteira

Correio do Povo

RS será priorizado na próxima distribuição de vacinas contra a Covid-19

publicidade

O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira que irá distribuir dentro de 48 horas mais 4 milhões de doses da vacina AstraZeneca/Oxford, produzida pela Fiocruz. A remessa, conforme a pasta, visa priorizar a população de regiões da fronteira do Brasil, o que fará com que o Rio Grande do Sul receba doses a mais, que totalizarão 310,5 mil. Conforme a secretária de Saúde, Arita Bergmann, a pasta federal comunicou a determinação nacional de vacinar 100% dos habitantes de cidades fronteiriças no país. "Essa informação recebemos hoje. A orientação no país é imunizar toda a população das fronteiras com Uruguai e Argentina. Aplicar, pelo menos, a primeira dose para evitar a entrada da variante Delta", explicou em coletiva na tarde desta quarta-feira. 

Além do RS, Mato Grosso, Paraná e Rondônia serão beneficiados, pois – justificou o Ministério – esses estados contemplam 50% da população fronteiriça. Consultada, a Secretaria Estadual da Saúde disse que ainda não há data para chegada deste lote e confirmou que, na distriuição, cidades fronteiriças serão priorizadas. 

Ao todo, serão distribuídas 4.006.500 vacinas. Das 310,5 mil enviadas ao RS, 123.069 deverão ser aplicadas em população de fronteira. O Ministério também encaminhará ao RS quase 280 mil seringas. 

A Fiocruz havia entregado 4 milhões de doses na última sexta-feira Até esta quinta-feira, o Ministério da Saúde irá receber mais de 1,9 milhões de vacinas a serem distribuídas. Nesta quarta e quinta, o Instituto Butantan irá entregar 1 milhão de doses da Coronavac, e, na noite desta quarta, é esperado um carregamento de 924 mil doses da Pfizer, segundo o ministro das Comunicações, Fábio Faria.  

Mais da metade da população gaúcha já iniciou vacinação

Nesta quarta, o RS ultrapassou os 50% da população residente com pelo menos uma dose de vacina anticovid recebida. O público que já completou o ciclo de imunização corresponde a 20% dos moradores do Estado.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895