RS terá sol entre nuvens, mas segunda ainda será de instabilidades

RS terá sol entre nuvens, mas segunda ainda será de instabilidades

Tempo segue abafado com máximas próximas dos 30ºC

MetSul

Porto Alegre terá aberturas de sol e abafamento

publicidade

O sol chega a aparecer com nuvens em parte do Rio Grande do Sul nesta segunda-feira, mas o tempo ainda não estará firme no Estado. No Sul gaúcho e região da Lagoa dos Patos, tempo será mais aberto e predominantemente seco.

No Oeste, no Noroeste e na Metade Norte são esperadas áreas de instabilidade que trazem períodos de chuva no decorrer do dia. Há a possibilidade de pancadas fortes isoladas e algum risco de temporais localizados, mais no Noroeste e no Norte gaúcho. A temperatura não se eleva muito e sobe menos do que no domingo, mas a sensação de tempo abafado permanece.

A passagem de linha de tempestades pelo Rio Grande do Sul entre a noite de sábado e a madrugadade domingo trouxe transtornos em diversas regiões. A instabilidade trouxe rajadas fortes em muitos locais, com falta de luz em diversos municípios.

Veja Também

As mínimas rondam os 15ºC em São José dos Ausentes e os 18ºC em Bagé. As máximas, por sua vez, podem chegar a 27ºC em Santa Cruz do Sul e 28º em Livramento. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 21ºC e 27ºC.

Na região de Uruguaiana e Quaraí, as rajadas mais fortes ficaram entre 80 km/h e 95 km/h com queda de árvores, falta de luz e danos em estufas. Em Bagé, as rajadas chegaram a 83,5 km/h. Tupanciretã teve vento de 74 km/h. Outras localidades, que não contam com estações meteorológicas, igualmente tiveram vento forte.

Na BR-290, entre São Gabriel e Rosário do Sul, árvores caíram na pista devido ao temporal. Houve queda de árvores também na Serra. Ainda no Norte, bombeiros de Não-Me-Toque atenderam diversas ocorrências para desobstrução de ruas por queda de árvores.

Em Marau, houve destelhamentos, quedas de árvores e poste. Os volumes de chuva das últimas 72 horas ficaram perto ou acima de 50 mm em muitas cidades das Metade Oeste e Norte do Rio Grande do Sul com acumulados isolados acima de 100 mm, como na região de Alegrete e no Noroeste gaúcho. No Noroeste foi tanta chuva que os arroios que estavam muito baixos pela estiagem subiram rapidamente a ponto de transbordarem em alguns pontos. A instabilidade nesta semana se concentrará na Metade Norte.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895