Secretário da Saúde do Rio de Janeiro diz considerar "lockdown" no Estado

Secretário da Saúde do Rio de Janeiro diz considerar "lockdown" no Estado

Edemar Santos destacou que há "curva descontrolada" de novos casos e o bloqueio total se fará necessário se população desrespeitar o isolamento

AE

Secretário de Saúde alertou que poderá decretar "lockdown" no Rio de Janeiro, caso a população não cumpra o isolamento social

publicidade

O secretário da Saúde do Rio de Janeiro, Edmar Santos, disse, em entrevista à rádio CBN, que o Estado considera adotar um "lockdown", ou seja, um bloqueio total da circulação das pessoas, além de fechamento das divisas entre cidades e os Estados vizinhos, por conta da pandemia do novo coronavírus. Segundo Santos, há "curva descontrolada" de novos casos no Rio e, se a população continuar a desrespeitar as recomendações de isolamento social, um "lockdown" poderá ser necessário.

Atualmente, há 8.869 infectados pelo novo coronavírus no Rio de Janeiro, além de 794 mortes pelo vírus. O Estado é o segundo mais afetado do Brasil em números absolutos, atrás apenas de São Paulo, que registrou até a segunda-feira 26.158 casos e 2.247 óbitos.


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895